6 métodos eficientes de preservar comida sem geladeira

Imagine este cenário: você acabou de voltar do supermercado com o carrinho cheio de produtos frescos e, quando se deu conta, sua geladeira simplesmente não estava funcionando. O que fazer? É necessário entrar em desespero e pensar que toda a comida comprada irá estragar? Não exatamente.

Apesar de os refrigeradores serem a nossa melhor opção para manter os alimentos conservados, existem algumas técnicas simples que podemos adotar em eventuais adversidades. Por isso, nós separamos uma lista de técnicas que você poderá utilizar caso a sua geladeira quebre. 

1. Frutas na umidade

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay/Reprodução)

A melhor forma para fazer com que uma fruta não estrague fora da geladeira é fazer com que ela permaneça sempre perto da umidade. Então, busque encher um pote de água e cubra ele com uma tampa com vários furos. Depois, é só colocar as frutas desejadas em cima dessa tampa e deixar a natureza trabalhar.

Conforme o tempo for passando, a água começará a evaporar e deixará as frutas umedecidas. Lembre-se de sempre colocar mais água no pote para o processo continuar efetivo. Isso será suficiente para que as frutas durem mais tempo fora da geladeira.

2. Mantenha as maçãs longe

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay/Reprodução)

Se você quer que os seus alimentos permaneçam frescos por mais tempo, é importante armazená-los bem longe das maçãs. Essas frutas são péssimas para serem guardadas com outras comidas, visto que emitem o gás etileno, responsável por fazer com que outras frutas e vegetais amadureçam com mais rapidez e estraguem com mais facilidade.

Sendo assim, as maçãs devem sempre ficar em uma parte isolada ou com as batatas, que tornam o processo do gás mais lento. 

3. Guardando frios

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay/Reprodução)

Um dos maiores medos de quem fica sem geladeira é o que acontecerá com os frios comprados. Nesse caso, o ideal é que a pessoa conserve esses alimentos em lugares com abundância de água. Uma possibilidade é colocá-los em recipientes na pia fechada com água gelada.

Porém, não existe milagre para esse tipo de caso. Os frios irão estragar fora da geladeira e é recomendado consumi-los dentro de 24 horas. Depois disso, é bem provável que esses alimentos estarão estragados. 

4. Sal na carne

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay/Reprodução)

Um dos métodos mais antigos para evitar com que a carne apodreça fora da geladeira é curá-la com muito sal. O sal cria um ambiente inóspito para as bactérias e diversos microrganismos não conseguem aturar uma concentração de sal maior que 10%.

Sendo assim, experimente embalar a sua peça de carne com uma camada de sal e açúcar e mantê-la armazenada em um local fresco. Quando for consumir, lembre-se de deixar o produto na água por um tempo para retirar o excesso de sal.

5. Ferver

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Para alimentos perecíveis, como o tomate, você pode optar por fervê-los por 10 minutos e depois guardá-los em um recipiente até que resfriem. Isso fará com que estejam aptos para consumo até o dia seguinte. 

Especialmente quando o assunto são frutos e vegetais, é importante mantê-los em locais arejados para que possam respirar e não estraguem tão rapidamente.

6. Enlatar com água 

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay/Reprodução)

Outro processo que pode ser realizado, especialmente com frutos e vegetais, é encher uma lata com água e colocá-los lá dentro. Assim como o primeiro item da lista, isso permitirá com que alguns produtos permaneçam umedecidos e frescos para consumo nos próximos dias.

Os alimentos que se dão melhor armazenados na água são os cogumelos, ervilhas, tomates e feijões frescos.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.