Seja o primeiro a compartilhar

6 comidas saudáveis que você acreditava fazerem mal

"Coma isso, evite aquilo". Revistas, influenciadores digitais, programas de culinária na TV e até jornais repetem à exaustão um mantra contrário ao consumo de determinados alimentos. É certo que devemos ter em mente a necessidade de equacionar o quanto se ingere, mas muitos "inimigos das dietas" são, na verdade, comidas saudáveis.

Talvez o equilíbrio seja a parte mais difícil de se atingir. Logo, para desmistificar a ideia de que alguns produtos fazem mal se ingeridos, vamos mostrar a você 6 alimentos que podem fazer parte de sua dieta. Não se esqueça, no entanto, da importância de consultar um nutricionista sempre que possível.

1. Ovos

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

O consumo de ovos foi por muito tempo apontado como um grande vilão, responsável por levar seu colesterol para índices muito elevados. Entretanto, pesquisas mais recentes com o alimento demonstraram que os ovos são uma excelente fonte de nutrição.

Ainda que um consumo excessivo de gemas pode levar ao acréscimo do colesterol, quando incluído de maneira consciente os ovos oferecem nutrientes como riboflavina e vitaminas, ótimas para reduzir o risco de doenças cardíacas.

2. Arroz

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

Arroz é um outro antigo vilão que, na realidade, está na prateleira de comidas saudáveis. Parte da gastronomia de muitos países asiáticos, o arroz branco é menos rico que o integral, por exemplo. Ainda assim, ele é rico em vitaminas B1 e B6, manganês, selênio, fósforo e cobre. 

Sabe o que mais? O arroz pode é um alimento versátil, que pode ser incluído de diferentes maneiras na sua alimentação. E tem mais: é antioxidante e de fácil digestão. É sem dúvida a melhor dupla para ser consumido com um bom feijão - e outros ingredientes, é claro.

3. Chocolate

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

A Páscoa já passou, mas isso não é razão para deixar de consumir um chocolate. Ele sempre foi encarado como um inimigo da boa alimentação, considerado um ingrediente muito doce. Contudo, muitos pesquisadores se dedicaram ao seu estudo, encontrando boas razões para que consideremos o chocolate uma comida saudável.

Ele é um alimento que possui benefícios para a saúde, principalmente o chocolate amargo. Entre os resultados das pesquisas acadêmicas, notaram que os indivíduos que consumiam muito chocolate tinha índices de massa corporal mais baixos.

4. Margarina

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Sabemos que em um cenário perfeito o consumo de manteiga deveria prevalecer, mas a margarina não é o vilão de uma boa dieta. E não somos nós que afirmamos isso, mas uma extensa pesquisa conduzida ao longo de 30 anos por pesquisadores de Harvard.

Nos estudos deles, detectaram que as gorduras insaturadas presentes na margarina tiveram melhor resultado na redução de que as pessoas viessem a desenvolver doenças cardíacas. É bom lembrar que isso não significa que você pode se esbaldar na margarina, mas não tenha medo de passar uma dose no seu pão.

5. Leite Integral

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

O leite é uma das comidas saudáveis que viveu seus momentos de vilão, especialmente a versão integral. Isso em virtude de que é um alimento muito gorduroso, mas não tanto quanto nos fizeram crer.

Em 2015, uma equipe de pesquisadores descobriu que o consumo de laticínios integrais não torna as pessoas mais suscetíveis a desenvolver doenças cardiovasculares ou diabetes. O estudo não encontrou nenhuma evidência de que os semi-desnatado ou desnatado sejam melhores. Boas notícias para os fãs de derivados do leite.

6. Carne Vermelha

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

Alguém a fim de um churrasco? Pois é, a carne vermelha é uma das comidas saudáveis que, se possível, não devem sair de uma dieta equilibrada. Houve um tempo em que se acreditava que seu consumo seria responsável por muitos problemas de saúde.

Porém, cientistas se dedicaram a estudar o consumo de carne vermelha e não encontraram correlação entre sua ingestão e vida mais curta. Enfatizando, como fizemos em outros momentos: a chave de tudo está no equilíbrio.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.