Seja o primeiro a compartilhar

Dormir sem roupa ou de pijama: o que é melhor para a saúde?

Existem três tipos de pessoas no mundo: as que não dormem sem um pijaminha completo, as que usam qualquer camiseta velha para dormir e aquelas que se deitam na cama como vieram ao mundo, nuas em pelo. Geralmente, uma critica a escolha da outra. Mas algum desses jeitos de dormir é melhor que o outro para a saúde?

Na verdade, não há estudos científicos que respondam diretamente a essa pergunta. Então, o consenso é: se ajuda na sua qualidade de sono, dormir sem roupa faz bem. Simples assim.

Mas especialistas ouvidos pelo portal G1 analisaram uma série de nuances nessa discussão — sobre as quais existem sim estudos científicos. Sabemos que, por exemplo, a temperatura dos nossos corpos costuma cair conforme a noite cai e o nível de melatonina aumenta. 

Diminuir a temperatura corporal é importante para cair no sono. Logo, se há menos roupa, há menos calor, certo? Sim, tirar a roupa é uma opção. Mas você também pode vestir um pijama bem leve. E o calor no corpo não vem só da roupa, mas também dos lençóis e fronhas. Então, é o conjunto inteiro que importa para esse quesito. 

Porém existe um caso em que dormir sem roupa é comprovadamente melhor: quando falamos de pessoas com vagina. Dormir sem roupa íntima ajuda a prevenir infecções como candidíase. É claro que usar um short mais largo na área vaginal também resolve a situação. E para quem tem testículos, não há estudos conclusivos.  

Dormir sem roupa faz bem ou mal para a pele?

Quando uma pessoa dorme como veio ao mundo, tem muito mais pele entrando em contato direto com a cama. Porém a dermatologista Lígia Novais afirmou ao portal G1 que isso não tem nenhum efeito específico sobre a saúde da pele. 

Na realidade, a roupa de cama pode conter muitos microorganismos, como fungos e bactérias, que podem causar acne e infecções — especialmente na pele do rosto. Por isso, se você gosta de dormir sem roupas, é melhor manter os lençóis bem limpos e trocá-los com frequência. Isso é algo que todos deveríamos fazer, né?


Contudo, é interessante observar que mesmo os partidários do pijama devem evitar dormir de meia. Segundo a dra. Lígia, essa parte do corpo deve ficar o menos abafada possível. Como se trata de uma área úmida, o calor aumenta as chances de desenvolver fungos — principalmente entre os dedos dos pés. 

Para terminar, quem dorme bem juntinho com o "mozão" pode se beneficiar do contato de pele com pele. A ciência já sabe que isso estimula a produção de ocitocina, um hormônio ligado ao bem-estar, que ajuda a reduzir o estresse. Além disso, dormir juntos sem roupa pode aumentar a sensação de intimidade e desejo entre o casal. 

Mas, resumindo tudo, a verdade é que você deve dormir como te faz bem — seja sem roupa, com camiseta velha ou com pijama completinho. Só observe as particularidades que citamos ao longo do artigo sobre roupas íntimas, lençóis limpos e meias. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.