Designs bizarros nascidos na União Soviética
59
Compartilhamentos

Designs bizarros nascidos na União Soviética

Último Vídeo

Nem só de trânsito maluco vive a Rússia! O país tem também suas próprias versões de uma série de objetos, muitos deles extremamente excêntricos e boa parte com origem ainda na época da União Soviética.

Um livro de design lançado recentemente, “Designed in the USSR: 1950 to 1989” ("Criado na União Soviética: 1950 a 1989", em tradução livre), reuniu algumas das peças mais marcantes inventadas no território nesse período, mostrando verdadeiras preciosidades desenvolvidas durante a Guerra Fria.

Veja, por exemplo, essas bonequinhas, as Nevalyashka. Elas lembram um pouco as famosas matryoshka russas, mas têm um diferencial — que não é a cara de desconfiada nem a aparência um pouco assustadora. São feitas de componentes redondos e, não importa a posição em que sejam colocadas, elas voltam a ficar em pé.

Não é à toa que se chamam Nevalyashka, que, em russo, significa "alguém que nunca se deita". Elas também têm o nome de "Vanka-Vstanka", que pode ser traduzido como "Ivan levanta". O mais legal é que elas foram inventadas naquela época, mas ainda são fabricadas em diferentes tamanhos e formatos até hoje!

Utilidades domésticas

Além dessas bonecas curiosas, os soviéticos desenvolveram uma porção de objetos de uso cotidiano, como essa caixinha de costura. Arredondada e cheia de divisórias, ela possui compartimentos giratórios e, quando fechada, parece simplesmente um tubo.

Eles eram campeões em fazer objetos que não eram puramente utilidades, mas verdadeiros itens de design. Junte isso à obsessão dos soviéticos pela exploração espacial, e temos esse aspirador de pó com o formato de Saturno! Ele foi desenvolvido entre 1962 e 1970 e fez o maior sucesso, especialmente porque sua base arredondada conferia mais mobilidade à peça.

O barbeador Sputnik é outro exemplo de acessório inspirado na corrida com os americanos. Com um design bastante característico, ele tinha um tema de nave espacial e era inspirado em um produto feito na Suíça na década de 50.

A inspiração nos europeus, no entanto, foi prejudicial para alguns produtos locais. O Belka A50, também chamado de Esquilo, tinha potencial para ser um carro bem-sucedido, mas o governo preferiu investir em uma imitação do Fiat 600, o ZAZ-965. Do pobre veículo soviético, só cinco unidades foram fabricadas.

Comunicação com criatividade

Fabricada entre 1974 e 1985, a câmera Vilia vinha em um estojinho superestiloso e cabia na mão. Ela é produto do VNIITE, um instituto de pesquisa científica estabelecido no início da década de 60 com o objetivo de inovar no design.

Outro produto de comunicação criado pelos soviéticos nessa época foi o rádio transistorizado portátil Atmosfera.  Concebido entre 1959 e 1961, esse e outros equipamentos do tipo utilizados na União Soviética também tinham inspiração em modelos como o Excelsior-52, feito na França e amplamente usado durante a Guerra Fria.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.