Seja o primeiro a compartilhar

Sobreviventes do Holocausto, primos se reencontram 75 anos depois

Apesar de não ser possível precisar a quantidade de pessoas que foram mortas no Holocausto, a estimativa de especialistas é que 6 milhões de pessoas tenham sido assassinadas no período de maior horror da história da humanidade. Uma das tragédias mais emocionantes e chocantes da nossa história, o genocídio de judeus durante a Segunda Guerra Mundial dizimou famílias inteiras e os que conseguiram fugir talvez nunca mais tenham conseguido ter notícias de seus familiares que sobreviveram.

Até hoje, muitas pessoas ao redor do mundo convivem com a dor de sequer saber o que aconteceu com sua família e parentes próximos. Essa também era a história de dois homens que hoje vivem no Reino Unido e em Israel. Morris Sana, de 87 anos e Simon Mairowitz, de 85 anos, são primos e puderam ter um final feliz depois de 75 anos de separação.

Foto: Facebook

Melhores amigos na infância, os primos foram separados quando os nazistas invadiram a Romênia, seu país natal, em 1940. A guerra que chegou ao país separou as famílias dos dois, que tomaram rumos diferentes na fuga. Os anos se passaram e o horror do Holocausto fez com que cada um deles tivesse a certeza que o outro não havia sobrevivido aos campos de concentração e à guerra.

Mas a tecnologia pode ser uma ótima aliada para reconectar as pessoas. Há algum tempo, a sobrinha de Morris encontrou a filha de Simon no Facebook enquanto procurava pistas sobre parentes que nunca havia conhecido. Foi assim que ela descobriu que Simon estava vivo e vivendo bem no Reino Unido, enquanto Morris vive em Ra’anana, Israel.

Foto: Facebook

Depois de décadas acreditando que haviam perdido o primo e amigo de infância para o Holocausto, os dois se viram frente a frente em uma reunião emocionante organizada pela família. O reencontro aconteceu em Tel Aviv, Israel.

As fotos do reencontro foram divulgadas no Facebook e a história dos primos emocionou quem se deparou com ela na rede social. A emoção de Morris e Simon transborda nas imagens captadas quase 80 anos depois do holocausto que os separou.

E agora que eles se reencontraram, garantem que os quase 90 anos não vão fazer com que percam tempo. Os primos pretendem restabelecer a conexão forte da infância e voltar a se ver o mais rápido possível.

Foto: Facebook

Foto: Facebook

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.