Cena de batalha sangrenta entre gladiadores foi achada em Pompeia

Pode que Pompeia seja uma velha conhecida dos arqueólogos e venha sendo explorada há séculos – as ruínas da cidade foram descobertas parcialmente pela 1ª vez no final do século 16 e as primeiras escavações propriamente ditas ocorreram em meados do século 18 –, mas vira e mexe novas descobertas importantes ainda são feitas durante trabalhos realizados por lá.

A última, de acordo com Ben Taub, do site IFLScience!, foi o fresco que você pode conferir em mais detalhes a seguir – e que consiste em uma cena mostrando uma batalha sangrenta entre 2 gladiadores encontrada no que eram as paredes do bar de um bordel que funcionava em Pompeia quando a cidade foi destruída pela erupção do Vesúvio, no ano 79. Veja:

(Fonte: Pompeii / Reprodução)

Cena brutal

Segundo Ben, a pintura mede 1,5 x 1,5 metro, mais ou menos, e mostra a vitória de um Murmillo, um tipo de gladiador que usava escudo retangular e capacete adornado com plumas, sobre um gladiador Trácio, identificado pela espada curvada, escudo quadrado e proteções para as pernas que iam até acima dos joelhos.

Aliás, na cena é possível ver bastante sangue e o perdedor fazendo um gesto conhecido como adlocutio, em que os gladiadores mostravam o polegar para cima para implorar ao imperador – que supostamente estaria na plateia assistindo à luta – que a sua vida fosse poupada.

Os arqueólogos também encontraram o que restou de uma escada de madeira próximo ao fresco, o que indica que a pintura possivelmente se encontrava em um porão que servia como bar ou armazém, sendo que na parte superior do edifício foram descobertos vestígios que sugerem que o local funcionava como prostíbulo. Além disso, a construção foi achada nas proximidades de onde os gladiadores viviam, então, é fácil imaginar que o estabelecimento era frequentado por esses guerreiros e deve ter servido de palco para brigas monstruosas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.