Conheça o Hidromel, bebida amada pelos vikings e celtas

Conheça o Hidromel, bebida amada pelos vikings e celtas

Último Vídeo

Christopher Mullin, um oficial de inteligência aposentado do exército escocês, reiniciou a fabricação de hidromel recriando receitas de milhares de anos por meio de evidências arqueológicas. O interesse do produtor vem do tempo em que estudou gaélico na Universidade de Aberdeen, através da leitura de obras literárias provenientes das antigas Ilhas Britânicas.

Em entrevista ao programa Kitchen Café da BBC Radio Scotland, Christopher afirma que, em seu processo de produção da bebida, a única fonte de açúcar é o mel e explica: "O mel é quase como uma poção mágica. É um produto incrível para trabalhar. É maleável, dura para sempre, você pode obter diferentes variedades de sabor, é resistente a infecções e é antibacteriano”.

Ele se orgulha também de não utilizar produtos químicos na produção do hidromel: o mel é o único conservante. Além dele, apenas adjuntos naturais para adicionar sabores.

Adjuntos e outros ingredientes para fazer o Hidromel

A produção da bebida como interesse histórico

O modo de produção do hidromel praticado por Christopher possui indicações muito antigas: "As evidências que utilizo remontam a 4.500 mil anos e as pessoas estão aqui por mais de 10 mil anos antes disso. Reuni coisas que nossos ancestrais estavam escolhendo em épocas semelhantes do ano para eu fazer produtos similares".

Segundo o produtor, há uma infinidade de sabores possíveis: seco, herbário, frutado, concentrado e doce. "É uma ótima coisa para experimentar e brincar". Além disso, nas mesma receitas em que são utilizados a cerveja e o vinho, é possível usar o hidromel. "O melhor é que você pode provar o passado".

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.