Fábrica de cerveja mais antiga do mundo é encontrada no Egito

Arqueólogos em uma expedição no Egito descobriram o que deve ser a fábrica de cerveja mais antiga do mundo! Pelo menos é o que o grupo acredita, já que os destroços têm mais de 5 mil anos de idade. A construção foi encontrada em Abydos, região conhecida por ser um antigo cemitério no deserto do Egito.

No local, foram descobertos cerca de 40 potes utilizados para aquecer os grãos e a água no processo de produção da cerveja. Segundo os arqueólogos, a cervejaria provavelmente foi construída na época do rei Narmer, conhecido por ter unificado o Egito e ter fundado a Primeira Dinastia.

Fábrica de cerveja mais antiga do mundo pode ter sido construída para abastecer rituais

Segundo o Ministério do Turismo do Egito e os arqueólogos que participaram da missão, a fábrica pode ter sido erguida para abastecer os rituais nas instalações funerárias dos reis egípcios. Com isso, cerca de 22.400 litros poderiam ser produzidos de uma vez. O uso de cerveja nos rituais de sacrifícios já foi provado por outras escavações no local.

Para produzir a bebida, os trabalhadores utilizam uma mistura de diversos grãos e água, que era aquecida nos potes e cada uma das bacias era presa por alavancas em formatos de anéis.

(Fonte: Egypt Ministry of Tourism and Antiquities/Reprodução)
(Fonte: Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito/Reprodução)

A região de Abydos é uma das mais antigas do Egito, conhecida por abrigar diversos cemitérios e templos. O local se encontra no sul da Província de Sohag, no qual Luxor, um dos principais pontos turísticos, também está localizado.

Além de ter revelado a fábrica de cerveja mais antiga do mundo, uma missão no início de 2021 também encontrou múmias de cerca de 2 mil anos de idade com uma língua de ouro, provando que o Egito ainda tem muitos segredos para serem revelados.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.