Seja o primeiro a compartilhar

4 fatos curiosos sobre a comunicação humana

Embora possa parecer simples a princípio, a comunicação humana tem várias nuances e detalhes que muita gente acaba nem percebendo. Veja a seguir 4 fatos curiosos a respeito desse assunto.

1. Falar com você mesmo é saudável

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

De acordo com um estudo realizado em 2017 por pesquisadores da Universidade Estadual do Michigan, falar com você na terceira pessoa pode ser útil para controlar o estresse. Nos experimentos, foram apresentadas imagens ou memórias desconfortáveis aos voluntários, que tinham então que falar com eles mesmos.

Por meio do uso de aparelhos voltados a medir a atividade cerebral dos participantes, foi possível perceber que aqueles que formavam frases na terceira pessoa aliviavam a sobrecarga de emoções rapidamente.

“Acreditamos que o uso da terceira pessoa leva as pessoas a pensarem sobre si mesmas de forma mais semelhante a como pensam sobre os outros, e há evidências disso no cérebro”, disse Jason Moser, professor associado de Psicologia da MSU. “Isso ajuda as pessoas a obterem um mínimo de distância psicológica de suas experiências, o que muitas vezes pode ser útil para regular as emoções.”

2. Linguagem indica o fim de relacionamentos

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

Aparentemente, a linguagem é capaz de indicar o fim de relacionamentos — e não estamos falando de discussões nem nada assim. Especialistas da Universidade do Texas em Austin analisaram mais de 1 milhão de posts publicados por quase 7 mil usuários do Reddit 1 ano antes e 1 ano depois que eles anunciaram os respectivos términos no subreddit r/BreakUps.

Os pesquisadores perceberam que as mudanças começavam até 3 meses antes do fim do relacionamento e frequentemente tinham a ver com pronomes. Em vez de “nós” ou “nosso”, tornaram-se bem mais comuns as variações singulares “eu” e “meu” — e isso independentemente do assunto tratado na publicação ou de quem foi a pessoa que decidiu romper o enlace. Curioso, não?

3. “Ahn?” parece ser algo universal

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

Em português, é comum dizermos “ahn?” quando não entendemos algo que está sendo dito por outra pessoa. Mas você sabia que esse som varia dependendo do idioma? O que não varia, porém, é o contexto em que os falantes recorrem a ele. 

4. Conversas triviais têm importância

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

Uma vez que conversas triviais — daquelas sobre o clima, por exemplo — não costumam fornecer informações relevantes, muita gente as vê como inúteis. E, nessa perspectiva, isso até faz sentido. No entanto, esse tipo de interação tem um papel importante no que se refere às relações humanas.

As conversas casuais abrem espaço para que exista algum tipo de vínculo entre as pessoas, sejam elas colegas de trabalho, parentes ou desconhecidos. Além disso, podem ajudar a evitar situações ruins ou inimizades.


Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.