Seja o primeiro a compartilhar

'2001: Uma Odisseia no Espaço': 5 fatos que podem ter passado batido

Em 1968, uma parceria épica entre o diretor Stanley Kubrick e o escritor Arthur C. Clarke resultou em uma obra revolucionária que logo marcaria a história do cinema: 2001: Uma Odisseia no Espaço. Rico em rigor científico e detentor da melhor atmosfera sci-fi já apresentada até então, o premiado longa-metragem chamou atenção por estar muito à frente de seu tempo, propondo conceitos particulares e discutindo de forma única as grandes temáticas do gênero.

E pensando nessa riqueza de detalhes e na atemporalidade de 2001: Uma Odisseia no Espaço, separamos algumas curiosidades interessantes sobre o filme que valem a pena ser observadas na próxima vez que você for assisti-lo.

1. A estreia das telas planas

Em 2001, é apresentado um mecanismo complexo de controle de nave, onde inúmeras telas planas são dispostas em um painel repleto de informações. O recurso foi amplamente elogiado pela NASA, que mais tarde tratou a particularidade como um aspecto visionário.

(Fonte: Warner Bros. / Reprodução)(Fonte: Warner Bros. / Reprodução)

2. Kubrick inventou o exercício espacial

A cena em que um astronauta corre pelas paredes da estação espacial serviu como padrão de rotina para a NASA. A bordo da ISS, os tripulantes passaram a se exercitar de forma muito parecida, e a astronauta Sunita Williams chegou a correr, em abril de 2007, a maratona de Boston em órbita.

(Fonte: Warner Bros. / Reprodução)(Fonte: Warner Bros. / Reprodução)

3. Roupas desenhadas pelo alfaiate da Rainha Elizabeth II

As roupas de 2001: Uma Odisseia no Espaço foram desenhadas por Hardy Amies, alfaiate que trabalhou em diversos projetos pessoais para a Rainha Elizabeth II.

(Fonte: Warner Bros. / Reprodução)(Fonte: Warner Bros. / Reprodução)

4. As marcas espaciais

Em algumas cenas, é possível ver referências a várias marcas reais, incluindo Howard Johnson's, a rede de hotéis Hilton e acessórios da Whirlpool Corporation.

(Fonte: Warner Bros. / Reprodução)(Fonte: Warner Bros. / Reprodução)

5. Previsão da criação da Estação Espacial Internacional

O longa-metragem mostrou uma nave surpreendentemente parecida com a Estação Espacial Internacional, tanto em design como em propósito. Quase 30 anos depois, a NASA criaria seu próprio laboratório, sendo impossível não acusar uma ampla inspiração no filme de Kubrick.

(Fonte: Warner Bros. / Reprodução)(Fonte: Warner Bros. / Reprodução)

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.