O que é o Conselho de Segurança da ONU?

Em 1942, a Organização das Nações Unidas (ONU) criou o seu Conselho de Segurança, um grupo exclusivo criado com objetivo de realizar a manutenção da segurança e da paz mundial. Além disso, a pasta do órgão internacional é responsável por aprovar mudanças na Carta das Nações Unidas e recomendar novos países para participar da Assembleia Geral da ONU.

Conhecido por ser um dos principais órgãos das Nações Unidas, o Conselho de Segurança é também a "força militar" da ONU. Os países participantes são quem definem a aplicação de atos militares e sanções internacionais, além de seres os únicos com autoridade para emitir resoluções vinculadas aos Estados que formam a organização.

Influência da Segunda Guerra Mundial

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Assim como a criação da própria ONU e do Tribunal Internacional de Justiça, o surgimento do Conselho de Segurança esteve diretamente relacionado ao final da Segunda Guerra Mundial. Com as relações políticas internacionais abaladas após o catastrófico conflito armado, existia uma necessidade de restaurar a ordem mundial.

Então, o órgão apareceu como uma tentativa de aprimorar as decisões diplomáticas que instituições antigas, como a Liga das Nações, foram ineficientes no passado. A primeira reunião do grupo ocorreu em 1946, mas teve os encontros posteriores paralisados durante a ocorrência da Guerra Fria. 

Apesar de ter surgido como um órgão mediador da paz mundial, o Conselho de Segurança da ONU tem um histórico de autorização de conflitos bélicos. Ao longo dos anos, o grupo apoiou a Guerra da Coreia em 1950 e outras intervenções militares por outras regiões do mundo.

Membros do Conselho de Segurança

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Atualmente, o Conselho de Segurança da ONU conta com 15 países participantes, dos quais apenas cinco possuem cadeira cativa e participam desde a data inaugural do órgão: Estados Unidos, Reino Unido, Rússia, França e China. Além de fazerem parte do lado vencedor da Segunda Guerra Mundial, todas essas nações possuem programas nucleares ativos e contam com arsenais de bombas atômicas.

As outras 10 vagas do conselho são determinadas por eleições que ocorrem em cada região do planeta com mandatos de dois anos. A presidência do grupo tem rotatividade mensal entre seus participantes. Além dos outros fatores listados anteriormente, o conselho tem a capacidade de vetar a admissão ou candidatura de nações ao Secretariado-Geral da ONU.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.