Seja o primeiro a compartilhar

Qual é a origem da expressão 'OK'?

Quantas vezes apenas durante essa semana você já utilizou a palavra "ok" sem nem ao menos parar para pensar no que ela significava? A resposta provavelmente são incontáveis vezes. O termo é tão importante que inclusive foi uma das primeiras palavras a serem ditas quando o homem pisou na Lua pela primeira vez.

Seja na grafia encurtada "ok" ou no alongado "okay", é inegável que a expressão é bastante prática e pode ser usada para tudo. Porém, ela fica ainda mais legal quando descobrimos qual a sua verdadeira origem e como ela passou a ser utilizada. E é justamente sobre isso que o artigo de hoje irá abordar.

Etimologia

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Não se engane: a palavra "ok" não possui qualquer relação com o latim, grego antigo ou qualquer outra língua usada pelos nossos antepassados. A verdade é que o termo é proveniente do inglês e serve como um acrônimo para "oll korrect" ou "all correct" (que significa "tudo certo", em português). 

Por isso, a grafia mais correta da palavra é aquela que envolve apenas duas letras e é comumente utilizada como uma forma de expressar concordância com alguma coisa ou opinião. A abreviação surgiu pela primeira vez no século XIX como uma forma "descolada" dos norte-americanos de utilizá-la. 

No Brasil, isso seria equivalente ao nosso "fds" (fim de semana), "blz" (beleza), "mds" (meu Deus) e tantos outros acrônimos populares que simplesmente não caberiam nesse texto. Segundo historiadores, esse tipo de abreviação costuma ter data de validade e morrer após curto período de tempo, o que definitivamente não aconteceu com a palavra "ok".

Resistência gramatical

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Se os acrônimos costumam durar apenas alguns anos, como foi então que o termo "ok" sobreviveu por quase 200 anos? Na visão dos pesquisadores, tudo foi graças à campanha eleitoral de 1840 de Martin Van Buren, o oitavo presidente eleito dos Estados Unidos.

Em entrevista ao Mental Floss, o etimologista Allen Walker Read afirmou que os apoiadores do político formaram um grupo batizado atrás do apelido do candidato, Old Kinderhook. A partir disso, nasceria o "OK Club". Os oponentes também aproveitaram para criar piadas com o termo e logo a palavra "OK" já estava estampada em todos os slogans de campanha. 

Para Read, Van Buren, que ficou conhecido por difundir o uso do telégrafo elétrico, ficou cada vez mais conhecido e a moda acabou pegando de vez. Como resultado disso e também da globalização, logo outras culturas passaram a adotá-la em suas gramáticas. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.