As Missões Militares Europeias no Brasil reformularam o Exército

No início do século XX, em meio à Belle Époque, o Brasil também fazia parte dos conflitos regionais, guerras civis e disputas fronteiriças como parte das transformações da Era Industrial que afetava também todo o modo de vida das pessoas.

Foi diante disso que os países das zonas austrais da América do Sul perceberam que não estavam preparados para conflitos nos moldes europeus, e o uso de militares estrangeiros para intervenções pontuais já não era mais uma solução viável para os conflitos a longo prazo.

Com o intuito de aplicar um treinamento estrangeiro de nível profissional e capacitativo, aconteceram as Missões Militares Europeias no Brasil.

As reformas

(Fonte: História Militar/Reprodução)(Fonte: História Militar/Reprodução)

Desde que a França caiu na Batalha de Sedan, em 1870, seu modelo de treinamento militar napoleônico perdeu todo o prestígio, e o alvo para o sucesso passou a ser o Império Alemão que estava em contínua ascensão.

No entanto, com a Primeira Guerra Mundial, e o alinhamento do Brasil com os Aliados, o idealismo francês foi restabelecido e cresceu sua influência sobre o país novamente. Portanto, no começo de 1920, a Missão Militar Francesa (MMF) foi iniciada em solo brasileiro, comandada pelo general Maurice Gamelin, um dos ideólogos da guerra de trincheira e militar, que tinha grande experiência em combate.

O objetivo da MMF era reorganizar por completo o Exército Brasileiro, assumindo o comando das escolas militares, fundando a Escola de Aviação Brasileira (precursora da FAB) e também efetivando um Estado-Maior.

(Fonte: Jornal Prédio 3/Reprodução)(Fonte: Jornal Prédio 3/Reprodução)

A Missão permaneceu no Brasil por 20 anos, tendo seu contrato renovado mesmo com o início da Era Vargas, e só renunciou em 1940 devido à Segunda Guerra Mundial, com as tropas alemãs invadindo a França.

Quando o Brasil se juntou à guerra, a doutrina europeia militar foi substituída pela norte-americana, porém suas reformas, como a profissionalização e modernização do Exército, são as contribuições francesas que sustentaram uma importante parceria militar no Brasil.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.