Seja o primeiro a compartilhar

Afinal, quais são as verdadeiras regras do Uno?

Uno é um clássico e divertido jogo de cartas conhecido por unir e ao mesmo tempo "destruir" famílias e amizades. Criado nos anos 1970, ele é jogado por crianças, jovens e adultos de todo o mundo e está na lista de favoritos de muitos.

Como tudo começou

A origem do Uno se deu em Reading, Ohio, nos Estados Unidos, por meio da família Robbins, que era uma verdadeira apreciadora de jogos de cartas. O game que mais gostavam era o Crazy Eights — em português algo como "oitos loucos".

O objetivo desse jogo era eliminar todas as cartas das mãos em uma pilha de descarte, isso combinando o número ou naipe do descarte feito anteriormente por outro participante.

De acordo com Merle Robbins, esse jogo tinha um certo problema: ele era um pouco complexo e suas regras suscetíveis a gerar confrontos amistosos. Portanto, com objetivo de simplificar, ele passou a fazer algumas alterações na brincadeira na forma de pequenas instruções:

  • Rei = direção do jogo invertida;
  • Dama = pule o próximo turno;
  • Ases = cartas curingas.

Após um tempo, a família percebeu que tinha, basicamente, criado um novo jogo. E foi assim que nasceu o Uno.

Cartas do baralho tradicional do Uno. (Fonte: Uno/Reprodução)Cartas do baralho tradicional do Uno. (Fonte: Uno/Reprodução)

Os primeiros baralhos

Merle e sua esposa decidiram imprimir 5 mil baralhos de Uno e viajar de Ohio para o Texas, tendo como destino final a Flórida, com objetivo de promover e vender o novo jogo. Eles hipotecaram sua casa para financiar o jogo e, com parte do dinheiro, compraram um trailer para suas viagens. Ao voltar, precisaram imprimir mais baralhos de tanto sucesso que obtiveram.

Apesar de a família ter se saído bem nesse primeiro momento, foi quando o marqueteiro Bob Tezak entrou em cena que o jogo se popularizou. Isso porque ele abriu uma empresa chamada International Games, que mais tarde, mais especificadamente em 1992, se tornou parte da Mattel.

Desde então, várias versões foram criadas e o jogo continua tão relevante como antes.

O baralho tradicional do Uno

O baralho de Uno é composto por um total de 144 cartas. A maioria delas é marcada de forma numérica, de 0 a 9. O baralho contém quatro cores: amarelo, azul, vermelho e verde.

Além das numeradas, as cartas de “ordem” são: pular; reverter; comprar 2 cartas; coringa e coringa + comprar 4 cartas.

Resumo das regras do jogo Uno. (Fonte: Uno/Reprodução)Resumo das regras do jogo Uno. (Fonte: Uno/Reprodução)

Como se joga Uno?

O jogo se inicia com cada jogador tirando uma carta do baralho, que contém números de 0 a 9 e “ações”. Quando acontece de alguém pegar uma carta de ação, ele precisa devolvê-la ao baralho e tirar outra.

O participante que tirar a carta de maior valor fica responsável por embaralhar as demais e distribuir um total de 7 cartas para cada jogador. 

As cartas que sobrarem precisam ser colocadas viradas para baixo formando uma pilha no centro da mesa e uma delas deve ser retirada e colocada ao lado. Ela será responsável por indicar o início da partida.

Caso a carta inicial seja especial, o primeiro jogador precisará seguir as regras indicadas nela, com exceção para o curinga+4, que precisa ser devolvido ao baralho e tirada outra.

Sistema de pontos

O que pouca gente sabe é que o Uno possui um sistema de pontos que pode ser utilizado de duas formas. A primeira possibilidade funciona quando o jogador termina de descartar suas cartas, vencendo a rodada. 

Nesse cenário, os valores das cartas de todos os demais participantes são somados como pontos para o jogador que venceu a rodada. Se torna vencedor aquele que tiver recebido um total de 500 pontos.

A outra possibilidade é a seguinte: ao descartar todas as cartas, começa o processo de contagem. Todos os demais competidores que ainda possuem cartas precisam contá-las como descréditos e vence quem tiver acumulado menos pontos.

Pontos de cada carta:

  • Cartas numeradas: conta o valor presente na carta
  • Carta Pular: 20 pontos
  • Carta Inversão do sentido: 20 pontos
  • Carta +2: 20 pontos
  • Carta curinga de troca de cor: 50 pontos
  • Carta curinga de troca de cor +4: 50 pontos

Outras regras

Se alguém jogar uma carta incorreta ou se esquecer de gritar “Uno” cada vez que ficar apenas com uma carta na mão, ele terá que “comprar” duas cartas da pilha.

Quando acontecer de o jogador não ter uma carta correspondente à que está na mesa, então ele deverá tirar uma carta da pilha. Se a carta retirada for correspondente em número ou cor, o jogador poderá jogar de imediato a carta adquirida.

Caso o baralho termine, mas a partida não, então o responsável deverá deixar na mesa apenas a última carta jogada e fazer um novo monte de cartas descartadas embaralhadas.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.