Seja o primeiro a compartilhar

6 dicas eficazes para saber se estão mentindo para você

Claro que ninguém aqui é um especialista como Dr. Cal Lightman, da série Lie to Me. Ou seja, não somos capazes de oferecer um método infalível de descobrir que estão mentindo para você.

Porém, ainda que o nariz das pessoas não cresça quando mentem como o do Pinóquio, personagem dos contos de fada, existem algumas técnicas capazes de auxiliar você a identificar que estão mentindo (ou omitindo a verdade) para você. Então pegue lápis e caneta (ou só o bloco de notas do seu celular) e confira essas 6 dicas.

1. Um mentiroso costuma ficar inquieto

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

Quem mente procura criar um distanciamento físico entre si e a pessoa para quem está emitindo uma inverdade. Mais comum ainda, é que essa pessoa passe a ficar inquieta, agitada, mexendo nas mãos, gola da roupa, em acessórios que esteja utilizando (bonés, correntes, gravata), ou até mesmo movimentando partes do corpo de maneira mais constante.

Tudo isso ocorre, segundo apontam os especialistas, porque o sistema límbico, também chamado de cérebro emocional, foi ativado ao ter uma mentira contada. É essa parte que entra em ação para acalmá-lo em situações de estresse. Com uma grande quantidade de energia liberada, você tenta queimá-la se movimentando.

2. Mentirosos evitam contato visual durante a mentira

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

"Os olhos são a janela da alma", diria o poeta. E quem entrega os mentirosos, afirmam especialistas em psicologia que atuam com entrevistas e interrogatórios. O contato visual é um ato que exige muita intimidade, já que nos deixa vulneráveis. Então, nada mais óbvio que interrompam o olhar ao querer contar uma mentira.

Pessoas que trabalham com polígrafos, equipamento utilizado para detectar possíveis mentiras, dizem que uma pessoa que mente mantém contato visual durante o diálogo e só o interrompe no momento de mentir. Claro que essa não é a única motivação para alguém não olhar nos olhos de outra pessoa, mas é um dos sintomas.

3. Respondem perguntas com perguntas

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

Quem está contando uma lorota certamente vai tentar se esquivar caso seja confrontado com algum detalhe de sua história. Um costume frequente nessas situações é evitar responder perguntas que lhe sejam feitas de maneira objetiva, optando por devolver a pergunta feito com outra.

4. Não conseguem manter a história que contam

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

Quando uma história não é verdade, a pessoa que a contou terá maiores dificuldades em se recordar da trama. Em virtude disso, é bem comum que mentirosos modifiquem detalhes do relato inverídico a cada vez que forem contá-lo.

Esse fator costuma levar o loroteiro a cair em contradição, às vezes até fazendo com que a história passe a não fazer o menor sentido. Por isso, esteja atento aos detalhes.

5. Colocam a responsabilidade de seus atos em outras pessoas

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

Já viu crianças acusadas de fazer algo errado rapidamente imputarem a culpa a outra pessoa? Isso é, curiosamente, bem comum em famílias com muitos filhos. Piadas de lado, quem mente tem o hábito de transferir a responsabilidade de seus atos para outras pessoas.

É um mecanismo de defesa bem comum, utilizado para se proteger de ter que lidar com as consequências de seus atos. É muito recorrente entre pessoas que tenham cometido algum tipo de crime em grupo.

6. Ficam corados e transpiram

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

Sintomas clássicos de respostas do corpo de um mentiroso, o rubor no rosto e a transpiração são detalhes a serem considerados. Em situações de estresse, como ao contar uma mentira, tendemos a respirar de modo superficial, o que acaba por se refletir em nosso corpo. 

Especialistas afirmam que essa é uma resposta do corpo ao medo ou problemas com autoridade, o que pode ser um facilitador em compreender se o suposto mentiroso já chegou nervoso para a conversa. E quanto mais a pessoa precisar falar, mais vai ficar corada e suada. Em suma, fale menos e ouça mais. Como dizem, o peixe morre pela boca.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.