Seja o primeiro a compartilhar

4 estrelas de Hollywood que podem ter tido ligação com a máfia

Hollywood e a máfia. Se esses dois universos parecem totalmente distantes, pense novamente. Na verdade, as duas entidades se cruzam há décadas, de formas que talvez você nem imagine.

Por um lado, Hollywood sempre teve fascínio por contar histórias tensas sobre famílias da máfia; e, por outro, alguns membros dessa indústria cinematográfica estabeleceram laços bem próximos com alguns mafiosos nos bastidores das filmagens. Confira a seguir 4 estrelas mundiais que supostamente tiveram alguma ligação com o mundo do crime organizado.

1. Frank Sinatra

(Fonte: GettyImages)(Fonte: GettyImages)

Provavelmente a estrela mais conhecida por suas conexões com a máfia é o famoso blue eyes: ninguém menos que o cantor Frank Sinatra. Ele tinha ligações com vários mafiosos, incluindo Sam Giancana, chefe da máfia de Chicago.

Há inclusive um personagem de O Poderoso Chefão que, dizem as más línguas, foi inspirado em Sinatra. O personagem se chama Johnny Fontane, e ele no filme aparece indo até Don Corleone para pedir um papel no cinema. Entretanto, Mario Puzo, autor do livro que originou o longa-metragem, sempre negou que a inspiração dele fosse Sinatra.

2. Bing Crosby

(Fonte: GettyImages)(Fonte: GettyImages)

O cantor e ator Bing Crosby foi um dos nomes mais populares em Hollywood de sua época. Sua persona doce e comum escondia que, nos bastidores, Crosby bebia muito e supostamente era um pai abusivo e violento com seus filhos.

Além disso, conta-se que ele adorava jogos de azar, especialmente corridas de cavalo. Com o vício, o ator passou a fazer apostas cada vez mais altas e acabou se deparando com o crime organizado em 1929.

A história é que, depois de beber até apagar em uma festa, ele acordou em uma casa cercada por gângsteres. Crosby teve então que pagar US$ 10 mil a um mafioso para quitar sua dívida de jogo e não ser morto.

3. Marilyn Monroe

(Fonte: GettyImages)(Fonte: GettyImages)

Até Marilyn Monroe teria mantido algumas conexões com a máfia. Um ator chamado Gianni Russo (que viveu Carlo em O Poderoso Chefão), que havia trabalhado para o mafioso Frank Costello, e um dia contou uma história sombria: a de que Marilyn teria sido morta por capangas da máfia, e não morta acidentalmente após tomar remédios.

Segundo essa versão, a estrela teria sido usada pela máfia para conseguir se aproximar de John F. Kennedy e seu irmão, Robert Kennedy. Quando Marilyn, que estava cansada de trabalhar para a máfia, havia decidido tornar sua história pública, ela teria sido encontrada morta em seu apartamento por overdose.

Acredita-se também que Marilyn tenha visitado Sam Giancana, chefe da máfia de Chicago, um pouco antes de morrer. Como a atriz nunca pode contar a sua versão, fica apenas a especulação.

4. James Caan

(Fonte: GettyImages)(Fonte: GettyImages)

Falecido em 2022, o ator James Caan fez fama ao interpretar papéis de caras durões e violentos. Seu maior papel de destaque foi como o mafioso Sonny Corleone em O Poderoso Chefão. E dizem que ele trazia muito de sua vida pessoal para a sua performance no filme.

Mafiosos como Sammy “The Bull” Gravano disseram que Caan estava fortemente ligado à família criminosa Colombo, e era tido como um "associado" (termo concedido a não italianos de confiança que se aproximam da máfia). A lenda é que ele chegou a pedir autorização para o chefão Joe Colombo antes de interpretar Sonny.

O próprio James Caan chegou a admitir publicamente as suas ligações com a família Colombo. E, de acordo com uma informação divulgada após a sua morte, Caan teria pedido a um mafioso que matasse o ator Joe Pesci por conta de uma dívida de US$ 8 mil. Para a alegria dos fãs de Pesci, esse golpe nunca foi concretizado.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.