Tiranossauros adultos não seriam capazes de correr como vimos nos filmes
368
Compartilhamentos

Tiranossauros adultos não seriam capazes de correr como vimos nos filmes

Último Vídeo

Quem não se lembra da sequência eletrizante do filme “Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros” na qual o tiranossauro persegue o jipe ocupado pelos aterrorizados cientistas Ian e Ellie e pelo caçador Robert Muldoon — e por pouco não transforma o trio em comida de dinossauro? Veja a cena da qual estamos falando a seguir:

Pois, segundo Mike McRae, do site Science Alert, apesar de o tiranossauro que vimos nas telonas ser retratado como um bicho assustadoramente rápido — e de estudos realizados no passado terem determinado que esses animais podiam alcançar velocidades perto dos 55 quilômetros por hora! —, uma pesquisa recente conduzida por cientistas da Universidade de Manchester revelou que os T-rex provavelmente seriam incapazes de correr sem sofrer fraturas nas patas.

Lentos

De acordo com Mike, para chegar a essa conclusão, os pesquisadores criaram um detalhado modelo que permitiu que eles pudessem analisar como diferentes forças de impacto seriam aplicadas sobre os ossos dos dinossauros. Mais precisamente, o modelo de computador que os cientistas desenvolveram foi baseado em “Stan” — um tiranossauro descoberto em 1987 — e foi alimentado com informações obtidas a partir de uma série de tomografias computadorizadas realizadas nos fósseis desse espécime.

A partir dos exames, os pesquisadores calcularam que Stan provavelmente pesaria por volta de 7,2 mil quilos — considerando uma estimativa conservadora para o bichão! — e, depois, eles determinaram quais seriam as forças às quais seus ossos seriam submetidos em diferentes velocidades, inclusive com os tecidos moles que “amorteceriam” o impacto provocado pelo movimento.

(Universidade de Manchester)

O modelo apontou que, acima dos 27,7 quilômetros por hora, a força exercida sobre os ossos dos tiranossauros — ou, no caso, de Stan — já ofereceria grandes riscos à sua integridade. Na verdade, os cientistas concluíram que, para evitar o risco de sofrer lesões e fraturas, esses animais não deveriam ultrapassar metade dessa velocidade. Assim, ao se locomover a perto de 14 km/h, eles jamais se moveriam como vimos nos filmes, com passadas longas e permanecendo no ar entre um passo e outro.

Você ainda acha que 14 km/h é muito? Só para que você tenha uma ideia, segundo Mike, a velocidade média que um humano adulto alcança ao caminhar é de perto de 5 km/h — e de algo em torno de 8 a 9 km/h durante corridinhas leves. Quer comparar com um extremo mais ligeiro? O velocista Usain Bolt é capaz de bater os 38 km/h, portanto, ele deixaria um tiranossauro comendo poeira (da mesma forma como deixaria qualquer um de nós!).

Vale destacar que o modelo foi criando considerando as dimensões de um T-rex adulto, mas, segundo os cientistas, animais mais jovens provavelmente não seriam muito mais ágeis — embora mais simulações sejam necessárias para confirmar essa suspeita.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.