Confira a importância de doar sangue com estas curiosidades
115
Compartilhamentos

Confira a importância de doar sangue com estas curiosidades

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

*Conteúdo patrocinado.

Curtiu as curiosidades que apresentamos no vídeo que você acabou de assistir acima? Então, não deixe de conferir outras 15 informações interessantes sobre a doação de sangue a seguir:

1 – Cerca de 112,5 milhões de unidades de sangue — cada unidade corresponde a 450 ml da substância — são doadas anualmente no mundo;

2 – Em países desenvolvidos, a maioria dos pacientes que recebe transfusões — 79% do total — são pessoas acima dos 60 anos de idade e, geralmente, quando esses indivíduos passam por cirurgias cardiovasculares, transplantes de órgãos, grandes traumas e terapias para o tratamento do câncer;

3 – Nos países em desenvolvimento e subdesenvolvidos, as transfusões geralmente acontecem para tratar complicações relacionadas com a gravidez, malária em crianças com anemia severa e grandes traumas;

4 – Sobre o perfil dos doadores, levantamentos realizados em 118 países apontaram que, globalmente, 30% deles são mulheres. No entanto, esse índice varia bastante quando os números de doações são analisados por nação — uma vez que existem locais onde menos de 10% do sangue doado vem de pessoas do sexo feminino;

5 – Com relação à idade dos doadores, proporcionalmente, os doadores de países em desenvolvimento e subdesenvolvidos são predominantemente jovens;

6 – Cada unidade de sangue doada pode salvar a vida de até quatro pacientes que precisam receber transfusões, como é o caso de hemofílicos, vítimas de acidentes, doentes de câncer e mulheres que tiveram complicações durante o parto, por exemplo;

7 – Isso ocorre porque o sangue doado pode ser separado em vários componentes — como o plasma, as hemácias, as plaquetas e os crioprecipitados —, o que permite que diversos pacientes sejam beneficiados;

8 – Com relação aos componentes do sangue, as hemácias são responsáveis por transportar o oxigênio aos órgãos e tecidos, enquanto as plaquetas são responsáveis pela coagulação — e podem ajudar pessoas com leucemia e outras doenças. O plasma consiste em uma mistura de água, sais e proteínas que representa cerca de 55% do volume sanguíneo, enquanto os crioprecipitados são produtos preparados a partir do plasma;

9 – Pacientes com anemia severa ou anemia falciforme podem precisar de transfusões frequentes para aumentar os níveis de ferro no sangue, enquanto doentes de câncer e pessoas passando por grandes cirurgias podem precisar receber transfusões de sangue e plaquetas para sobreviver;

10 – Sobre os grupos sanguíneos, os principais são o A, o B, o AB e o O, e eles foram identificados por um médico e biólogo austríaco chamado Karl Landsteiner em 1901;

11 – Ainda sobre os quatro grupos sanguíneos principais, cada um deles pode ter o fator Rh positivo e negativo — sendo que o grupo AB positivo é conhecido como receptor universal, enquanto o O negativo é conhecido como doador universal;

12 – De modo geral, a cada 100 pessoas, quatro serão do grupo AB, 10 do grupo B, 40 terão sangue do tipo A, e 46 serão do grupo O;

13 – A doação de sangue é um processo seguro, que não oferece riscos ao doador e que normalmente dura entre 10 e 12 minutos;

14 – Antes de ser encaminhado para os hospitais, o sangue doado passa por testes para verificar a presença de diversas doenças infecciosas, como a hepatite B e C, a sífilis e o vírus HIV;

15 – Lembrando que os requisitos básicos para a doação de sangue são:

  • Pesar no mínimo 50 quilos;
  • Estar em boas condições de saúde;
  • Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;
  • Ter se alimentado;
  • Ter entre 16 e 69 anos de idade — lembrando que os menores de 18 anos precisam de autorização para doar;
  • Apresentar documento original com foto recente;
  • Respeitar o intervalo mínimo entre as doações — 2 meses para os homens e 3 para as mulheres.

***

Você conhece a campanha do Ministério da Saúde “Doe Sangue Regularmente e Ajude a Quem Precisa”? Ela tem como objetivo incentivar a população a doar sangue para que os estoques dos bancos e hemocentros de todo o país fiquem bem abastecidos durante todo o ano e, dessa forma, garantir que milhares de vidas sejam salvas.

Doar sangue, além de ser um processo simples, seguro e rápido, é um gesto de solidariedade e amor ao próximo. Então, se você for elegível, não deixe de ir ao banco de sangue ou hemocentro mais próximo da sua casa e contribuir com a sua doação.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.