Descubra porque os seres humanos não poderiam sobreviver sem as bactérias
02
Compartilhamentos

Descubra porque os seres humanos não poderiam sobreviver sem as bactérias

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Você já deve ter ouvido que existem cerca de 100 trilhões de bactérias vivendo em nossos corpos, certo? Pois se você é do tipo que sente arrepios só de imaginar essa quantidade toda de organismos vivendo sobre e inclusive dentro de você, saiba que, sem eles, a nossa sobrevivência, assim como a de boa parte das formas de vida que habitam a Terra, seria simplesmente impossível.

Coexistência

De acordo com Molika Ashford, do site Live Science, embora muitas pessoas associem as bactérias com doenças e infecções, elas desempenham funções imprescindíveis para o funcionamento do organismo. Para você ter uma ideia, as que vivem no nosso sistema digestivo ajudam a “decompor” os alimentos que consumimos, permitindo, assim, que nossos corpos absorvam mais nutrientes.

MicrorganismosFundamentais para o bom funcionamento do organismo (NetDoctor)

Ademais, as bactérias envolvidas no processo de digestão também são responsáveis por suprir algumas vitaminas ao organismo, como é o caso da B7 que, entre outras coisas, atua no metabolismo dos carboidratos e na formação da pele, cabelos e unhas — para citar um exemplo. Sem esses microrganismos, nós certamente sofreríamos seriamente de desnutrição.

Vários estudos demonstraram que as bactérias que habitam em nosso organismo são fundamentais para o desenvolvimento e fortalecimento do sistema imunológico. A importância da exposição a microrganismos benignos e malignos é que eles “ensinam” as defesas do nosso corpo como atuar quando sofremos alguma infecção.

Aliás, o contato com bactérias na infância nos torna adultos menos propensos a desenvolver alergias e problemas respiratórios. Com relação aos organismos que vivem fora do nosso corpo, as espécies que habitam sobre a pele não só mantêm esse ambiente saudável, como ajudam a evitar que agentes potencialmente perigosos se proliferem e causem problemas.

Importância que vai além

Mas as bactérias não existem apenas nos nossos corpos! Elas estão presentes em tudo o que nos cerca — e, sem elas, a nossa sobrevivência seria impossível. Isso porque, segundo Molika, os organismos que vivem no solo e nos oceanos têm importante papel na decomposição da matéria orgânica e na produção de elementos imprescindíveis para a vida, como o carbono e o nitrogênio.

MicrorganismosImpensável viver sem elas (Playbuzz)

E falando especificamente do nitrogênio, as plantas e os animais — incluindo os humanos — que existem na Terra não são capazes de produzir todas as moléculas desse elemento necessárias para a vida. Portanto, o “trabalho” das bactérias é indispensável na transformação do nitrogênio atmosférico em amônia ou nitratos que, por sua vez, podem ser absorvidos pelas plantas e convertidos em aminoácidos e ácidos nucleicos, isto é, os elementos básicos do DNA. E as plantas fazem parte da nossa alimentação, certo?

E não é só isso! As bactérias também estão envolvidas no ciclo da substância mais importante para a existência da vida: a água. Como você sabe, a precipitação da água na forma de chuvas e gelo ocorre graças à presença de minúsculas partículas presentes nas nuvens, e pesquisadores encontraram evidências de que muitas — se não a grande maioria — dessas “partículas” são, na verdade, bactérias.

Muitas bactériasIndispensáveis para a vida (Buzzle)

Sendo assim, apesar de as bactérias terem um pouco de má fama — injustamente, diga-se de passagem! —, sem essa imensa variedade de microrganismos que coabita conosco, a vida seria impensável.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.