Cavalos selvagens de Outer Banks sobrevivem a furacões há séculos

Cavalos selvagens de Outer Banks sobrevivem a furacões há séculos

Último Vídeo

O furacão Dorian causou estragos na América Central, chegou até a Carolina do Norte e avançou até a província canadense de Nova Escócia, mas não foi suficiente para retirar os cavalos selvagens de Outer Banks, um conjunto de ilhas que formam uma “barreira” na costa leste americana, na Carolina do Norte.

Acostumados a passar os dias na praia, os cavalos continuaram assim e ainda ensinaram um truque de proteção que já era utilizado por seus ancestrais e foi reproduzido no Corolla Wild Horse Fund. “Eles resistem a ventos e chuvas como seus ancestrais faziam antes deles, ficam amontoados”, disseram à CNN.

E, apesar da preocupação, o Corolla Wild Horse Fund destaca que os cavalos que vivem em Outer Banks são mais preparados para lidar com um furacão. Ao sentir a mudança na pressão do ar, os cavalos selvagens já começam a se agrupar. “Lembre-se, eles fazem isso há 500 anos”, lembrou.

Foto: iStock/Getty Images

A fazenda estocou comida, água e outros suprimentos para os cavalos. Feno e grãos extras foram armazenados, assim como água em bebedouros. Além disso, etiquetas de identificação foram trançadas nas crinas dos cavalos. E eles ainda tiveram a companhia do gerente do rebanho durante a tempestade.

O diretor de operações, Jo Langone, disse que todos estavam em boa forma. O gerente de manada, Meg Puckett, contou que os cerca de 100 cavalos são bastante engenhosos, inteligentes e já mostraram a vontade de viver e vencer um furacão no ano passado, durante a passagem do Florence.

O Dorian, que arrasou várias ilhas, deixou pelo menos 50 mortos nas Bahamas. Agora, ele vem perdendo força, mas está abrindo caminho para a tempestade tropical Gabrielle. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.