USP desenvolve robôs que podem revolucionar meios de transporte

USP desenvolve robôs que podem revolucionar meios de transporte

Último Vídeo

Você tem alguma ideia de como os aviões funcionam? Essas máquinas possuem tecnologias responsáveis por sua estabilidade em situações normais e, sobretudo, durante turbulências, evitando quedas e movimentos bruscos que possam machucar os passageiros. O que torna possível a criação e implementação dessas tecnologias são sistemas de controle baseados em equações matemáticas. Se você acha que esse assunto não tem muito haver com você, lembre-se que é por conta dele que você está seguro em viagens aéreas. E, caso não ande de avião, podemos falar de metrôs também.

Esse tema é amplamente estudado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) que possui um Laboratório de Controle Aplicado, criado pelo professor Bruno Augusto Angélico. Segundo ele, a implementação deste espaço partiu do objetivo de verificar as teorias de controle em sistemas mecatrônicos de robótica na prática, além de testar as técnicas e outros conhecimentos que são ministrados em sala de aula. 

No meio, professor Bruno Augusto Ange´lico, com os alunos da Escola Politécnica da USP (Reprodução: Carina Brito)

O laboratório pertence à disciplina “Práticas e Projetos de Sistemas de Controle” que tem feito muito sucesso entre os alunos, cada vez mais motivados a colocarem a mão na massa. Lá eles aprendem modelagem de sistemas, aplicações práticas de controle, programação de algoritmos de controle em hardware, dentre outros mais temas. E, como se não bastasse, os alunos ainda se divertem com os resultados de suas atividades que são postadas desde setembro de 2016 em um canal no Youtube.

Mais recentemente, o laboratório desenvolveu 3 robôs que podem revolucionar a nossa forma de locomoção. Com estudos mais profundos, pesquisas e testes sobre esses projetos, pode ser que até o metrô que você pega todos os dias para atravessar a cidade passe a ter um ar futurista.

Levitador Magnético

Esse protótipo ajuda a entender como um trem anda pelos trilhos sem tocá-los (Reprodução: USP Imagens)

Esse é o nome do robô que apresenta uma nova proposta de transporte para o futuro. Aqui, a ideia é que trens se locomovam sem tocar os trilhos, graças à levitação magnética. “Controlando a corrente, é possível controlar a força magnética necessária para manter esse sistema equilibrado e a massa parada levitando.”, o professor Angélico explica.

Helicóptero

O projeto demonstra como aeronaves desse tipo, em geral, são capazes de se manterem estáveis sem sairem de sua rota. Como trata-se apenas de um protótipo, o mini helicóptero está preso (diferentemente dos que vemos voando céu afora) e só permite controlar duas ações: a elevação e o movimento lateral.

Ball Balancing Robot

Se esse robô te parece familiar, deve ser porque ele é muito parecido com o BB-8 de Star Wars. A missão deste robozinho, no entanto, é se manter equilibrado em cima da bola. Assim, toda vez que ele está prestes a cair ou se desequilibrando, seus motores fazem a bola girar e ele volta para o eixo.

O laboratório possui expectativas altas e um excelente histórico: por ele já passaram 5 alunos de mestrado, 8 de doutorado, 7 de iniciação científica e já foram realizados 11 TCC’s. Será que as invenções criadas na USP vão nos fazer voar sobre os trilhos no futuro? Aguarde os próximos capítulos!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.