Mapa mostra (quase) todas as explosões nucleares da História

Mapa mostra (quase) todas as explosões nucleares da História

Último Vídeo

Já se passaram mais de 70 anos desde que o primeiro teste com explosão nuclear foi realizado no deserto do Novo México e levou a sociedade para uma nova era. Com ela, vieram mais de 2 mil explosões ao redor do mundo.

Para você entender um pouco melhor a dimensão disso tudo, mostramos alguns mapas com pontos luminosos que representam essas explosões. As artes foram criadas por Peter Atwood, um modelista especialista na técnica. 

a

Fonte: Bored Panda

Nesse mapa, em escala global, você pode observar de modo geral todas as explosões que ocorreram pelo mundo desde 1945, deixando de fora apenas a América do Sul e a Antártica, que nunca apresentaram relato desses testes nucleares.

Nevada, Estados Unidos

a

Fonte: Bored Panda

Aproximando um pouco o mapa da América do Norte, podemos observar que muitos dos pontos que indicam locais de testes estão concentrados nos Estados Unidos, mais precisamente no estado de Nevada, a 130 quilômetros de Las Vegas. Entre 1951 e 1992, foram mais de 980 testes realizados no estado, fazendo com que cogumelos de explosão fossem vistos subindo pelo ar e criando uma nuvem radioativa que chegou até Chicago, localizado a cinco estados de distância, em Illinois. Entretanto, não pense que só americanos causaram explosões nucleares no país: pelo menos 24 desses testes em solo estadunidense foram realizados pelos britânicos.

Semipalatinsk, Cazaquistão

a

Fonte: Bored Panda

Um total de 456 testes de explosão nuclear foram realizados no local. Também conhecido como "O Polígono", a região foi o berço da primeira arma nuclear da URSS em 1951, se estendendo até 1991, quando o Cazaquistão foi separado da União Soviética. Atualmente, é possível visitar o local e cientistas ainda estudam os efeitos a longo prazo causados pelas explosões. 

Lop Nur, China

a

Fonte: Bored Panda

O terceiro exemplo é a China, que se sabe ter realizado pelo menos 45 testes no lago Lop Nur, ao norte do país, entre 1964 e 1996. Mesmo que sua incidência de explosões nucleares não tenha sido tão alta quanto de outros países, seu governo admitiu em 2009 que provavelmente milhares das mortes que ocorreram nos arredores do local — causadas pelos efeitos da radiação.

Muitos outros locais além desses realizaram testes, mas não estão relatados no mapa, como a Coréia do Norte, que promoveu explosões entre 2006 e 2017.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.