Alternativa à Teoria da Relatividade explica formação de galáxias

Alternativa à Teoria da Relatividade explica formação de galáxias

Último Vídeo

Quando o assunto é compreender a expansão do Universo e a formação de galáxias, uma das bases às quais os cientistas recorrem é a Teoria da Relatividade Geral, de Einstein – que já foi posta à prova uma e outra vez e consiste em um dos modelos mais sólidos desenvolvidos até agora para explicar o funcionamento do cosmos. No entanto, uma equipe de físicos da Universidade de Durham, na Inglaterra, demonstrou que podem haver outros modelos também.

“Teoria Camaleão”

Além da Relatividade Geral, existe outra teoria chamada “Camaleão” que, assim como no modelo tradicional, conta com as 4 forças fundamentais – gravidade, eletromagnetismo, força nuclear fraca e força forte –, além de uma quinta força hipotética. O interessante é que as propriedades dessa teoria podem ser alteradas de acordo com as circunstâncias, daí o seu curioso nome.

Pois, segundo estudos realizados anteriormente, quando aplicada ao Sistema Solar, a Teoria Camaleão funciona de forma semelhante à Teoria da Relatividade Geral e, agora, simulações conduzidas em supercomputadores pelos físicos de Durham apontaram que ela também pode ser aplicada em escalas maiores e explicar não só a formação de galáxias, como a expansão do Universo.

(Fonte: Phys Org / Universidade de Durham / Christian Arnold / Baojiu Li / Reprodução)

Em seu estudo, os cientistas focaram em buracos negros supermassivos que habitam o centro das galáxias, já que essas estruturas têm imenso impacto em sua formação e desenvolvimento, e na gravidade – e realizaram simulações de como se daria a evolução do Universo com base na Teoria Camaleão em vez da Relatividade Geral.

Mais especificamente, em suas simulações, os físicos modificaram significativamente a força gravitacional – que, na pesquisa, foi chamada “gravidade f(R)” – para testar quais seriam os efeitos na formação das galáxias e descobriram que elas se formariam, sim, com braços em espiral como os da Via Láctea, demonstrando que, mesmo que as Leis da Física fossem diferentes, essas estruturas ainda poderiam ter surgido pelo Universo.

Vale destacar que, de acordo com os físicos, as simulações não contradizem a Teoria da Relatividade Geral. Na realidade, o estudo evidencia que podem haver outras formas de se explicar o papel da gravidade na evolução do cosmos – e de se encontrar uma resposta para a questão de o Universo estar se expandindo mais depressa do que deveria (conforme preveem os modelos da Física), o que, de momento, é um fenômeno atribuído à energia escura. Assim, o time pretende aplicar a Teoria Camaleão em novas simulações e realizar observações para testar suas descobertas para, quem sabe, desvendar alguns dos mistérios que intrigam a Ciência há tempos.

Alternativa à Teoria da Relatividade explica formação de galáxias via TecMundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.