Sonda no lado escuro da Lua irá estudar a origem do Universo

Sonda no lado escuro da Lua irá estudar a origem do Universo

Último Vídeo

Você sabia que nos primeiros anos do Universo era tudo escuro? Essa "Idade das Trevas" durou 380 mil anos após a o Big Bang, e logo após surgiram as primeiras estrelas e galáxias. Até então, só havia grandes nuvens de hidrogênio na vastidão do infinito. Para estudar esse período mais a fundo, a NASA e o Observatório Nacional de Radioastronomia (NRAO) dos Estados Unidos irão enviar uma missão para o lado escuro da Lua.

O estudo será feito a partir da captação da energia produzida por essas primordiais nuvens de hidrogênio em forma de ondas de rádio. A tarefa é bastante complicada, principalmente aqui na Terra, pois a atmosfera do planeta pode bloquear os sinais, bem como as ondas de rádios produzidas pelos seres humanos podem abafar os possíveis vestígios do início do Universo.

Por esse motivo, astrônomos pretendem colocar um equipamento na órbita da Lua para, sempre que passar pelo lado escuro, captar possíveis sinais do começo dos tempos. A sonda se chamará Dark Ages Polarimetry Pathfinder (DAPPER) e estará equipada com um receptor de ondas de rádios e uma antena de alta frequência desenvolvidos pelo NRAO. 

O DAPPER faz parte do mesmo programa da NASA que pretende levar a primeira mulher à Lua até 2024 e deverá ser compacto, para não gerar problemas de transporte até a órbita de nosso satélite natural. O equipamento poderá ajudar a compreender como as primeiras estrelas se formaram, bem como a desvendar a origem do Universo.

Sonda no lado escuro da Lua irá estudar a origem do Universo via TecMundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.