Seja o primeiro a compartilhar

É verdade que tudo vai se transformar em caranguejo um dia?

Um interessante fenômeno biológico, a “carcinização”, na qual crustáceos decápodes passam por uma evolução convergente, se transformou em meme durante o isolamento social, a ponto de as pessoas começarem a acreditar que “tudo”, mais cedo ou mais tarde, vai se transformar em caranguejo.

Antes de adquirir notoriedade na web, carcinização era só um daqueles conceitos chatos de Biologia, que temos que decorar para a prova do Enem. O termo descreve a evolução morfológica de decápodes adultos não-caranguejos (os Anomura) em “falsos caranguejos”, e foi desenvolvido pelo zoólogo inglês Borradaile em 1916.

Embora algumas brincadeiras sobre o conceito já tivessem rolado nas mídias, a coisa tomou forma em 1 de junho de 2020, quando o artista xkcd tuitou uma tirinha em quadrinhos sobre o fenômeno. A historinha ganhou mais de 210 retuítes e 1,6 mil curtidas nos primeiros seis meses. Veja abaixo:

Fonte: xkcd/Twitter/Reprodução
Fonte: xkcd/Twitter/Reprodução

Nós, humanos, também iremos nos transformar em caranguejos?

Apesar de uma tentativa de demonização das vacinas estar atualmente propagando nas mídias que podemos, eventualmente, nos transformar em jacarés, a possibilidade de os humanos evoluírem para caranguejos é muito remota, e não passa pela cabeça dos biólogos evolucionistas, a não ser como uma piada.

No entanto, uma real evolução para caranguejos é um fenômeno que já aconteceu, e vem acontecendo muitas vezes, na família dos crustáceos, onde uma criatura com jeito de lagosta ou um caranguejo-eremita acabam se achatando, assumindo uma forma redonda e até nos dando uma beliscada com as pinças se dermos bobeira.

Fonte: Seafood Hamper/Divulgação
Fonte: Seafood Hamper/Divulgação

Quem são os falsos caranguejos?

O estranhamento sobre o fenômeno talvez ocorra menos pelas mudanças morfológicas e mais pela nossa concepção do que seja um “caranguejo”. Se a verbalização da palavra nos remete a um caranguejo-azul, ou caranguejo-rei (aquele grande e vermelho) ou ao chique caranguejo Dungeness, é importante saber que apenas dois destes são braquiúros, ou seja, caranguejos autênticos.

Os braquiúros são uma divisão na ordem dos decápodes que incluem, além dos caranguejos, os camarões, as lagostas e os lagostins. Porém, o caranguejo-rei, cuja imagem usamos para ilustrar matérias da espécie, não é da família; ele é um Anomura, ou caranguejo falso.

Em alguns aspectos, os caranguejos são como os grupos isolados das Ilhas Galápagos que encantaram Darwin, e eles não param de nos surpreender.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.