Seja o primeiro a compartilhar

Onça-pintada mata jaguatirica em disputa por água; veja o vídeo

Cientistas conseguiram capturar imagens raras de um ataque de uma onça-pintada a uma jaguatirica, possivelmente por uma disputa de recursos e territórios em uma área isolada na Reserva Biosfera Maya, na Guatemala, em março de 2019. O fato levou à elaboração de um estudo, publicado em 28 de dezembro do ano passado, na revista Biotropica.

Na filmagem, é possível observar uma onça, que os pesquisadores garantem ser um macho, chegando em um bebedouro, possivelmente a espera de uma presa. Quando percebe a presença de uma jaguatirica no local, ela ataca o felino menor com uma mordida no pescoço. O que se segue é uma sucessão de manchas e membros, e a onça arrasta a jaguatirica para o interior da floresta. 

Embora esses conflitos entre predadores sejam raros, explicou o autor do estudo, Daniel Thornton em um comunicado, “pode haver certos casos em que se tornam mais prevalentes, e um deles pode ser sobre recursos hídricos contestados”. Para este professor da Washington State University, predadores do tipo podem se atacar, caso entrem em disputa por um único poço de água.

O que pode ter causado o ataque

A captura das imagens do ataque da onça-pintada ocorreu durante um período de seca naquele bioma tropical. A seca pode se agravar quando as temperaturas se elevam, o que resulta em poços de água mais escassos, que acabam sendo mais disputados pela fauna.

Em outra ocasião, a equipe já havia testemunhado duas onças-pintadas lutando entre si. A observação revelou a presença de sete espécimes do animal visitando regularmente o bebedouro. Em geral, esses jaguares se evitam, estabelecendo rigorosamente o território de cada um, segundo o comunicado.

Coautora da pesquisa, Rony García-Anleu, alerta que as mudanças climáticas em curso no planeta e as secas associadas têm uma previsão de piora, “o que significa tempos difíceis para a vida selvagem que depende de poças d’água para sobreviver”.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.