Seja o primeiro a compartilhar

Para que serve o apêndice? E se não tivéssemos o órgão?

Muita gente nem se lembra do apêndice até ter uma infecção no órgão e precisar de uma cirurgia para removê-lo. Mas, se ele pode ser facilmente retirado, qual a sua verdadeira função? Saiba mais agora.

Qual o propósito do apêndice?

Fonte: Pixabay/DivulgaçãoFonte: Pixabay/Divulgação

O órgão, que fica localizado na parte inferior direita do abdômen, tem em torno de 10 cm de comprimento.

O real propósito do apêndice ainda é desconhecido. Contudo, os cientistas acreditam que ele é relevante. Segundo eles, o órgão atua como uma fonte de “boas bactérias”, o que permite que o corpo tenha uma recuperação mais rápida em caso de infecção, como cólera e diarreia. 

À medida que vamos nos desenvolvendo como espécie, cada vez menos o órgão terá uma função.

Você precisa do apêndice?

Fonte: Freepik/DivulgaçãoFonte: Freepik/Divulgação

A cirurgia de remoção do apêndice é bastante comum e provavelmente você conhece alguém que passou por esse procedimento. A boa notícia é que o órgão pode ser retirado sem nenhum dano para o corpo. 

A extração normalmente acontece por conta de uma doença chamada apendicite, que é quando esse órgão inflama. Essa é uma cirurgia bastante rotineira e comum. Porém, se a infecção não for tratada a tempo, pode ter efeitos graves e inclusive levar à morte. 

E se não tivéssemos o apêndice?

Fonte: Freepik/DivulgaçãoFonte: Freepik/Divulgação

Se os humanos não tivessem o apêndice antes da Revolução Industrial, os cientistas acreditam que mais pessoas iriam morrer por infecção. Afinal, o órgão atua como uma fonte de boas bactérias. Na era moderna, as pessoas têm mais acesso ao antibiótico e as doenças infecciosas são mais facilmente tratadas.

Um ponto positivo de um mundo sem apêndice seria o desaparecimento da apendicite. Para se ter uma ideia, por ano, acontecem 10 milhões de casos da doença e até 50 mil mortes. 

Apesar de não ser um órgão essencial, um mundo sem apêndice poderia deixar a sociedade mais suscetível a germes e bactérias.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.