Seja o primeiro a compartilhar

Sem-teto muda de vida após ir morar em casa impressa em 3D

O norte-americano Tim Shea tornou-se o primeiro cidadão dos Estados Unidos a ser contemplado com uma casa feita completamente em 3D pela empresa de tecnologias de construção ICON. Com uma vida cheia de complicações por uso de drogas, o homem, que até então morava em um trailer em Austin, Texas, sofreu uma reviravolta mais do que bem-vinda e agora se acomoda em uma residência de pouco mais de 35 m² que pode ser chamada de lar.

A nova casa de Tim é uma das seis residências 3D instaladas no Community First! Village, loteamento de cerca de 200 mil metros quadrados que possui a missão de "tornar a habitação digna acessível a todos, em todos os lugares". O projeto conta com a parceria das ONGs New Story, instituição de proteção e amparo a pessoas sem-teto, e da Austin's Mobile Loaves & Fishes, que fornece acessibilidade e a mobília completa nos locais.

(Fonte: ICON / Reprodução)(Fonte: ICON / Reprodução)

"Quando descobri que seria a primeira pessoa na América a se mudar para uma casa impressa em 3D, achei incrível. As mesmas pessoas de quem eu fugia, estou correndo em sua direção. Se você esteve em ambos os lados da cerca, você sabe que algumas pessoas só precisam de um pouco de encorajamento e apoio", disse Tim. "Tudo o que faço é exatamente o oposto, e tenho muitas atividades para fazer todos os dias com os outros."

O custo-benefício da 3D Vulcan II

Uma casa da ICON demora cerca de 48 horas para ser totalmente impressa, graças ao potencial da impressora 3D Vulcan II. O material é coberto por uma espécie de concreto especial desenvolvido pela empresa, possibilitando uma incrível resistência e redução de custos totais de até 30%, e o uso de meios sustentáveis de descarte, já que a produção de resíduos é reduzida em até dois terços em comparação às construções convencionais.

(Fonte: ICON / Reprodução)(Fonte: ICON / Reprodução)

"Populações vulneráveis como os sem-teto nunca estão entre as primeiras a acessar algo de ponta, mas agora aqui em Austin, Texas, eles estão entre os primeiros da fila que viverão em algumas das casas mais únicas já construídas — e achamos que isso é uma coisa linda", concluiu Alan Graham, fundador da Mobile Loaves & Fishes.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.