Seja o primeiro a compartilhar

Cemitério de 5 mil anos é descoberto na Polônia por fotos aéreas

Um imenso complexo de 5 mil anos com grandes tumbas e sepulturas revestidas de pedra foi desenterrado na Polônia, depois que arqueólogos o localizaram fazendo um caminho inverso ao usual: em vez de cavarem, detectaram o local através de uma foto tirada do céu, por um satélite.

Anotações feitas antes das escavações (Fonte: M. Przybyla/M. Podsiadlo/Reprodução)Anotações feitas antes das escavações (Fonte: M. Przybyla/M. Podsiadlo/Reprodução)

Um arqueólogo independente da cidade de Cracóvia chamado Jan Bulas observava fotos de satélite quando teve sua atenção chamada por um conjunto de linhas retas em um terreno próximo a uma fazenda em Debiany, cidade a 50 quilômetros do observador, que decidiu ir até o local com seu colega arqueólogo Marcin Przybyla.

Chegando ao local, a dupla começou a cavar. Agora, passados mais de dois anos, Bulas e Przybyla já desenterraram sete tumbas neolíticas, além dos restos de uma fortaleza medieval e de dois cavalos da Idade do Bronze. A extensão total do sítio arqueológico ainda é desconhecida.

Fonte: Jan Bulas/ReproduçãoFonte: Jan Bulas/Reprodução

Como foi feita a escavação?

Ao site polonês The First News, os arqueólogos afirmaram que “o cemitério megalítico em Debiany é um dos maiores e mais interessantes locais desse tipo na Europa Central”. A princípio, Bulas e Przybyla utilizaram gradiômetros magnéticos, aparelhos que detectam onde o solo foi perturbado no passado, sem ter que escavar a terra.

Com o solo mapeado, os arqueólogos começaram as escavações e encontraram as fundações da fortaleza medieval. Mas, debaixo desta, havia ainda mais tesouros: o cemitério, estimado em 5,5 mil anos com um conjunto de tumbas sobrepostas que mediram até agora entre 40 e 50 metros de comprimento.

As tumbas (Fonte: Jan Bulas/Reprodução)As tumbas (Fonte: Jan Bulas/Reprodução)

Essas tumbas são vários túmulos empilhados, ou seja, terra erguida sobre sepulturas. Como suas paredes foram reforçadas com paliçadas de madeira, Bulas e Przybyla chamaram os repositórios de “megaxylons”, combinando as palavras gregas mega (grande) e xylos (madeira). Eram construções bem mais altas que foram se desgastando com o tempo, afirmam os arqueólogos.

Embora Cracóvia seja mundialmente conhecida pelo seu centro medieval, a fortaleza encontrada em Debiany "é a única estrutura desse tipo na Polônia", afirmam os arqueólogos. Bulas e Przybyla planejam continuar sua investigação do sítio, principalmente para conhecer mais da vida medieval do país, através da fortaleza. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER