Os 4 zoológicos mais antigos do mundo

Com inaugurações datadas de até 300 anos atrás, os zoológicos são patrimônios internacionais que se modernizaram e se adaptaram a modelos considerados mais respeitosos aos animais, transformando as ideias de jaulas e maus tratos com fins atrativos em exibições de espécies raras e curiosas que recebem todas as condições para viverem bem.

Conheça abaixo os zoológicos mais antigos do mundo e confira algumas das histórias que eles têm a contar.

4. Zoológico de Dublin (Irlanda, 1831)

(Fonte: Wikipedia / Reprodução)(Fonte: Wikipedia / Reprodução)

Em aproximadamente 280 mil metros quadrados de área protegida, o Zoológico de Dublin trabalha em parceria com zoológicos de todo o mundo para "contribuir significativamente com a conservação das espécies ameaçadas na Terra", e cuida de morcegos-rodrigues, micos-leões-dourados e cacatuas-das-molucas, além de inúmeros espécimes reservados para estudos e preservação.

3. Jardim Zoológico de Londres (Inglaterra, 1828)

(Fonte: ZSL / Reprodução)(Fonte: ZSL / Reprodução)

O Jardim Zoológico de Londres foi criado para ser um centro de estudos de animais exóticos e passou quase dois anos limitado a visitações por bolsistas da Zoological Society of London. Hoje, o local abriga mais de 750 espécies de animais, sendo uma das maiores coleções do Reino Unido em pouco mais de 145 mil metros quadrados.

2. Ménagerie du Jardin des Plantes (França, 1794)

(Fonte: Wikipedia / Reprodução)(Fonte: Wikipedia / Reprodução)

Criados pelos médicos reais Jean Herouard e Guy de La Brosse, o Ménagerie du Jardin des Plantes era um jadim botânico de 230 mil metros quadrados que ascendeu após a Revolução Francesa, com a apreensão de animais e mamíferos exóticos de menor porte que foram transportados do Royal Menagerie, em Versalhes. O segundo maior zoológico do mundo deriva de um compromisso de seus fundadores em manter as espécies em seu ambiente natural, todas sob supervisão científica e com os devidos cuidados.

1. Jardim Zoológico de Schönbrunn (Áustria, 1752)

(Fonte: Wikipedia / Reprodução)(Fonte: Wikipedia / Reprodução)

Fundado em 1752 sob ordens do Sacro Imperador Romano-Germânico Francisco I, o zoológico mais antigo do mundo sobreviveu às Guerras Mundiais e a uma crise financeira na década de 1980, tendo que ser privatizado em 1992 para conseguir se sustentar. O local é um dos únicos zoológicos do mundo a abrigar pandas gigantes e presenciou o primeiro nascimento de um espécime via inseminação artificial, em 2007.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.