Seja o primeiro a compartilhar

John Brinkley transplantava testículos de cabra em homens impotentes

Testado pela primeira vez em meados de 1905, o xenotransplante é um procedimento que envolve qualquer transplante, infusão ou implantação de células vivas, tecidos ou órgãos de origem animal em um ser humano. O desenvolvimento da prática surgiu pela falta de demanda por órgãos humanos para transplante no começo do século XX, quando vários órgãos de cordeiros, porcos e primatas foram considerados excelentes aquisições para um corpo humano.

O interesse científico diminuiu quando a base imunológica do processo de rejeição do órgão foi descrita, principalmente com a descoberta das drogas imunossupressoras. Foi comprovado que o xenotransplante causa potencial infecção nos humanos receptores com agentes reconhecidos ou não, além de a possível transmissão deles para a população em geral, principalmente o retrovírus, que pode ficar em estado de latência por muitos anos após o período infeccioso.

Ainda assim, em 1954, o Dr. Joseph Murray realizou o seu primeiro transplante renal bem-sucedido, contrariando diretamente as questões éticas da doação de órgãos. No entanto, não foi nada comparado com o que o médico charlatão John R. Brinkley fez anos antes.

A cabra como solução

John Brinkley. (Fonte: Kansas Historical Society/Reprodução)John Brinkley. (Fonte: Kansas Historical Society/Reprodução)

Em 1918, Brinkley abriu uma clínica em Milford, Connecticut, que foi responsável por erguer a economia local com os bons salários que ele pagava aos seus empregados. O homem teve muito sucesso, principalmente porque chegou no auge de uma pandemia mortal de gripe. Ironicamente, o falso médico teve sucesso em tratar as vítimas e recuperá-las por onde passou.

Em sua clínica, como foi relatado em sua biografia, ele executou xenotransplantes em vários homens que o recorreram se queixando de impotência sexual. Brinkley chegou a ironizar a situação pela primeira vez dizendo que o paciente não teria esse problema se tivesse um par de glândulas de cabra.

De acordo com o filho desse primeiro paciente, em entrevista ao The Kansas City, ele teria implorado para que o médico tentasse a operação. O homem pagou US$ 150 pelo procedimento, muito mais do que o médico costumava cobrar por qualquer consulta ou tratamento.

(Fonte: Legends of America/Reprodução)(Fonte: Legends of America/Reprodução)

Com o sucesso que teve no transplante, pelo menos a curto prazo, Brinkley enxergou uma oportunidade de lucrar ainda mais, então começou a divulgar que tinha o "poder" de "restaurar a virilidade e a fertilidade masculina" através dos implantes de glândulas testiculares de cabras a US$ 750 por operação.

Contudo, não demorou muito para que os efeitos colaterais do xenotransplante começassem a aparecer. O corpo absorvia o tecido de cabra como matéria estranha, e as gônadas do animal não conseguiam enxertar no corpo, pois foram colocadas dentro do saco testicular. Além disso, os pacientes sofreram com várias infecções devido aos ambientes operacionais em nada estéreis.

Até hoje não se sabe quantos homens morreram após serem submetidos à operação rudimentar, apenas que Brinkley foi processado diversas vezes por homicídio culposo entre 1930 e 1941.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.