Filhote de onça nasce totalmente preto em santuário de felinos

Nascida no dia 6 de abril, uma filhota rara de onça-pintada, que nasceu totalmente preta, está tendo suas fotos divulgadas nas redes sociais e representa um importante avanço para a família das onças, classificadas como “quase ameaçadas de extinção”. Ela nasceu em um santuário de grandes felinos em Kent, no Reino Unido.

Filha de Keira e Neron, a oncinha, que está sendo chamada provisoriamente de Baby, nasceu através do Programa de Criação de Espécies Ameaçadas de Extinção da Europa. Ela assumiu a coloração preta do seu pai, uma característica presente em apenas 10% da população de onças selvagens, enquanto o restante assume as conhecidas manchas amarelo-douradas.

Fonte: Big Cat Sanctuary/ReproduçãoFonte: Big Cat Sanctuary/Reprodução

Segundo a curadora do Big Cat Sanctuary, Briony Smith, quando eles perceberam a inquietação e a agitação de Keira, logo compreenderam que ela estava entrando em trabalho de parto. Baby nasceu às 11h10. Smith afirmou que “não posso acreditar o quão rápido ela está se desenvolvendo em comparação com outros filhotes de felinos”.

Seguindo uma tendência que é comum nas onças, Baby nasceu de olhos abertos e começou a caminhar com desenvoltura por volta das duas semanas de idade. 

A caça às onças-pintadas

Fonte: Big Cat Sanctuary/ReproduçãoFonte: Big Cat Sanctuary/Reprodução

As onças-pintadas (Panthera onca) existem na natureza em 18 países das Américas, desde o sul dos Estados Unidos até o norte da Argentina, passando naturalmente pelo Brasil. Durante as décadas de 1960 e 1970, as onças-pintadas, chamadas de jaguar no Hemisfério Norte, foram caçadas pela beleza da sua pele. 

Estima-se que, apenas no Brasil, mais de 15 mil peles do animal tenham sido exportadas da Amazônia Brasileira. Com a ameaça de extinção, foi implementada em 1973 a Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção, que resultou no declínio do comércio de peles.

O nome de Baby será escolhido através de um concurso, no qual apoiadores do Big Cat Sanctuary começarão, a partir de quarta-feira (26), enviar sugestões de nomes, enviando doações de £5 (R$ 38), que serão posteriormente destinadas ao fundo de conservação da onça-pintada na Costa Rica. As principais opções de nome, por enquanto, são Killari, Inka e Inti. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.