7 vegetais que o homem ajudou a criar junto com a natureza

Os vegetais e as frutas mudaram muito ao longo do tempo. Durante séculos, o homem interferiu para deixar estes alimentos maiores, mais saborosos e resistentes a pragas. E o resultado são comidas transformadas radicalmente, confira:

1. Milho

Fonte: Hypeness/ReproduçãoFonte: Hypeness/Reprodução

Quem ama milho nem imagina que originalmente ele era pequeno, fino e seco. Por anos e anos, o alimento foi sendo manipulado para ficar cada vez maior, com mais sabor e fácil de consumir. Atualmente, ele também é ponto de partida para a produção de álcool, açúcar, uísque, ração, pipoca e outros.

2. Cenoura

Fonte: Hypeness/ReproduçãoFonte: Hypeness/Reprodução

Finas e com sabor bem acentuado, as cenouras selvagens têm pouco a ver com as que estão no nosso dia a dia. Por volta de 900 d.C., o seu formato já estava parecido com o atual, mas suas cores principais eram vermelha e púrpura. 

3. Pepino

Fonte: Barbara Wallach/ReproduçãoFonte: Barbara Wallach/Reprodução

A principal diferença entre o pepino de antigamente e o atual é o seu formato. O vegetal de séculos atrás era redondo, além de ser coberto por espinhos e conter grandes sementes no seu interior. Na verdade, o alimento não era nem comestível, sendo considerado tóxico.

4. Banana

Fonte: Genetic Literacy Project/ReproduçãoFonte: Genetic Literacy Project/Reprodução

Se hoje a banana é a fruta mais popular do mundo, algum tempo atrás ela era considerada muito difícil de se comer. Cheia de sementes e extremamente rígida, a banana precisava ser cozida para ser consumida.

5. Melancia

Fonte: Christies/DivulgaçãoFonte: Christies/Divulgação

Mais pálidas e com muito menos suco, a melancia de antigamente era bem parecida com o melão. Ao longo dos anos, ela começou a ser manipulada para aumentar a quantidade da fruta em si.

6. Abacate

Fonte: Jen Geacone-Cruz/ReproduçãoFonte: Jen Geacone-Cruz/Reprodução

O abacate de antes era tão pequeno que cabia na palma da mão e, para piorar, a sua parte comestível consistia apenas em uma fina película que envolvia o caroço.

Para se ter uma ideia, são necessários dez abacates de antigamente para obter o tanto de fruta que se tem na versão atual. Além disso, o alimento que consumimos hoje é mais cremoso e macio do que o original.

7. Pêssego

Fonte: James Kennedy/ReproduçãoFonte: James Kennedy/Reprodução

O pêssego que conhecemos é resultado de muitas manipulações feitas pelos chineses durante séculos. A fruta original era pequena como uma cereja e contava com um caroço que ocupava mais de 30% do espaço.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.