28
Compartilhamentos

Aranhas capturam cobras 30 vezes maiores que elas e as devoram

Um estudo recente publicado neste mês na revista Journal of Arachnology revelou que diversos tipos de aranhas venenosas atacam cobras também venenosas, mas com tamanhos infinitamente maiores, e não só conseguem derrotá-las, como devorá-las em seguida.

A predação de cobras foi comprovada pelos pesquisadores, que registraram 319 casos de aranhas matando e se alimentando de cobras, sendo 297 deles diretamente na natureza, e os 22 restantes em cativeiro. A investigação foi feita através de uma revisão bibliográfica. Um terço dos exemplos veio de publicações científicas e os demais, de sites de notícias ou mídias sociais.

Ao todo, a apuração mostrou que cobras de sete famílias foram capturadas e devoradas por 40 tipos de aranhas de 11 famílias diferentes. Cerca de 51% dos casos foram documentados nos EUA e 29% na Austrália. As cobras que foram caçadas pelas aranhas são em sua maioria de pequeno porte, com comprimento corporal médio de 27 cm.

Fonte: Nyffeler et al./ReproduçãoFonte: Nyffeler et al./Reprodução

Aranhas assassinas

As maiores assassinas de cobras foram as viúvas-negras, marcadas por um ponto em forma de ampulheta vermelha na barriga. Esses pequenos aracnídeos têm em média apenas 1,1 cm de tamanho e costumam caçar cobras pequenas e jovens, embora o seu veneno seja capaz de matar animais bem maiores que elas.

Cerca de 10% das mortes de cobras foram causados pelas tarântulas, chamadas no Brasil de caranguejeiras. São aranhas maiores, entre 15 a 25 cm, que não constroem teias, mas caçam suas presas diretamente no solo ou em árvores.

Outros 8,5% das predações foram realizadas por aranhas orbeiras grandes, do tipo que também captura morcegos. Essas aranhas tecem teias circulares avantajadas e fortes, onde, após matar as cobras, sugam suas entranhas como fariam com um inseto.

Fonte: Nyffeler et al./ReproduçãoFonte: Nyffeler et al./Reprodução

Cobras vítimas

Embora a grande maioria das cobras atacadas por aranhas fosse bebês ou jovens, com peso menor do que um grama, algumas serpentes bem grandes, com até um metro de comprimento, foram igualmente capturadas. 

As pequeninas viúvas-negras foram capazes de derrotar cobras com até 30 vezes o seu tamanho em peso. Entre os relatos, uma Steatoda triangulosa, chamada de falsa-viúva-triangulosa, conseguiu capturar em sua teia uma cobra-liga com 15 cm de comprimento, e com um peso 355 vezes superior ao seu.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.