O histórico de neve no Brasil

O Brasil é um país onde a maior parte da sua extensão pertence à Zona Climática Intertropical, entre os Trópicos de Câncer e Capricórnio; e a parte do extremo sul do país pertence à Zona Climática Temperada do Sul, entre o Trópico de Capricórnio e o Círculo Polar Antártico. Isso significa que tradicionalmente o país é úmido e quente, com algumas variações conforme as regiões, mas a ocorrência de neve não é nada comum em grande parte do país. 

Apesar da predominância tropical nas regiões brasileiras, no Sul, principalmente em algumas cidades de Santa Catarina (como São Joaquim, Urupema, Urubici e Bom Jardim da Serra), há ocorrência de neve com uma certa frequência. Mas por que isso ocorre?

 Por que nevou no Brasil? 

Desde o dia 28 de julho, com a chegada da massa polar no Sul e Sudeste do país, além da queda das temperaturas, também houve cidades com relato de neve. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a massa de ar frio pode durar até 1º de agosto, provocando queda de temperatura desde o Sul até o Norte do país. 

Na serra gaúcha, a previsão é de mínimas entre -8 °C e -10 °C para a semana, com sensação térmica chegando a -25 °C. Em Bom Jardim da Serra, no dia 29, foi registrada a menor temperatura do Brasil em 2021, segundo o Inmet, com -8,6 °C.

São Joaquim, em Santa Catarina, amanheceu com neve e a temperatura marcando -6º.  (Foto: Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online)São Joaquim, em Santa Catarina, amanheceu com neve e temperatura marcando -6 ºC. (Foto: Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online)

Para que a neve ocorra, é necessário que haja presença de nuvens de chuva e que as temperaturas da atmosfera e do solo estejam abaixo de zero. Há maior incidência de neve em determinadas cidades, pois elas estão localizadas em altitudes de 900 a 1,8 mil metros do mar, e a temperatura colabora para o fenômeno.

Sem que as nuvens e o solo estejam abaixo de zero, o que ocorre pode ser chamado de nuvem congelada, que é quando as gotículas de água congelam ao deixar a nuvem, mas derretem ao tocarem o chão. 

O histórico de ocorrência de neve no Brasil

O primeiro registro de neve no país data 1816 e, ao longo dos anos, houve momentos que tiveram precipitação de neve de significativa intensidade no Brasil. Depois de 2005, a ocorrência de neve tem sido percebida praticamente todos os anos nos meses mais frios nos planaltos da região Sul. 

Nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, não é difícil que tenha ocorrência de neve em determinadas cidades. Além dessas regiões mais frias, já houve incidência de neve nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Urubici está localizada no vale do rio Canoas, em Santa Catarina e está 915 metros de altitude. Por isso, lá a ocorrência de neve é mais comum. (Imagem: Clicrbs)Urubici está localizada no vale do rio Canoas, em Santa Catarina, e está a 915 metros de altitude. Por isso, lá a ocorrência de neve é mais comum. (Imagem: Clicrbs)

O fenômeno de neve é mais comum nos meses de junho, julho e agosto, quando estamos no inverno. No entanto, já houve registros de nevadas precoces, isso aconteceu em abril de 1999, quando nevou em São Joaquim. Houve também ocorrências tardias, em outubro, na cidade de São Francisco de Paula, no Rio Grande do Sul, quando já era primavera. 

Há relatos de várias cidades quando a neve caiu. Em 2000, a neve apareceu em mais de 70 municípios espalhados em 3 estados do Sul e, em 2013, um ocorreu um episódio histórico: em julho nevou em mais de 140 municípios.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.