6 mitos populares que ouvimos sobre os tubarões

Desde o lançamento do lendário filme Tubarão (1975), qualquer pessoa inconscientemente acabou desenvolvendo um medo irracional de colocar o pé na água do mar. Afinal, os tubarões são as criaturas mais maléficas e assustadoras de todo o oceano, certo? Na verdade, as coisas não são bem assim.

Quando se trata de cultura popular, acabamos desenvolvendo muitas informações incorretas sobre as coisas baseando-se apenas no que vimos nas telonas. Por isso, hoje nós iremos abordar seis ideias completamente erradas que temos sobre os tubarões para ver se você deixa o seu medo um pouco de lado. Atenção!

1. Assassinos eficientes

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Não se engane, os tubarões estão longe de ser os assassinos mais eficazes das profundezas. Apesar desses incríveis vertebrados serem de fato ótimos predadores, eles não são necessariamente excelentes em atacar suas presas. Por isso, muitos deles agem como leões, calculando a hora exata para dar o bote e contanto sempre com o fator surpresa.

2. Devoradores de gente

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Por mais assustadores que possam parecer, os tubarões não são exatamente o tipo de animal que ataca seres humanos com frequência. Na verdade, a grande maioria das espécies pode passar a vida inteira sem sequer cruzar com um de nós pela água. A vasta maioria dos tubarões se alimenta de pequenos peixes e invertebrados.

Entre mais de 500 espécies, apenas 12 já estiveram envolvidas em algum incidente com humanos. Em todos esses casos, é provável que o tubarão tenha confundido a pessoa envolvida com outra coisa.

3. Topo da cadeia alimentar

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Em geral, costumamos pensar que os tubarões estão no topo da cadeia alimentar dos oceanos. Porém, até mesmo esses tenebrosos animais podem ser caçados. Até mesmo os tubarões-brancos, a maior e mais mortífera espécie desses animais, possui um rival a altura: as chamadas "baleias assassinas". 

Em 1997, pesquisadores documentaram um grupo de orcas comendo o fígado de um tubarão. Desde então, mais ataques foram registrados e hoje sabemos que essas criaturas tem a quem temer.

4. Cheiro de sangue

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Você já deve ter ouvido falar que um tubarão pode detectar o cheiro de sangue mesmo de muito longe. Mas até que ponto isso é verdade? Como bons predadores, esses animais realmente possuem um ótimo olfato, porém isso não significa que eles tenham uma habilidade sobrenatural.

Ou seja, se você fez um pequeno corte no seu dedo, é pouco provável que um tubarão atravesse o oceano em busca da sua carne só por conta disso. 

5. Sempre nadando

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Popularmente, nós passamos a acreditar que os tubarões simplesmente morreriam caso parassem de nadar — o que se dá principalmente por esses animais respirarem através das guelras. Entretanto, essa não é a única forma como os tubarões respiram.

Algumas espécies conseguem realizar um método chamado de "bombeamento bucal", que funciona basicamente como uma respiração oral e que pode ser feita enquanto permanecem parados.

6. Nadar de costas

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Uma grande mentira contada sobre os tubarões é que eles possuem a habilidade de nadar de costas. Apesar desse ser um recurso utilizado pela grande maioria dos peixes para escapar do perigo, os tubarões estão entre as poucas criaturas que não conseguem utilizar essa técnica.

Inclusive, nadar para trás pode até mesmo ser prejudicial para esses animais, uma vez que poderia atrapalhar sua respiração. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.