Seja o primeiro a compartilhar

Solstício de inverno: o que é, quando ocorre e o que significa?

O Universo ao nosso redor está cercado por fenômenos explicados ou não pela ciência — muitos dos quais envolvem o nosso pequeno planeta azul. Um dos mais curiosos são os solstícios, que ocorrem em razão do movimento de translação da Terra e geram consequências diretas nas nossas atividades cotidianas. 

Para se ter ideia, um solstício ocorre durante uma época do ano em que um dos nossos hemisférios recebe mais luz solar do que o outro, algo gerado pelo ângulo de inclinação do planeta com seu próprio eixo. Nossas vidas são afetadas por dois tipos de solstícios: o de verão e o de inverno. E é justamente sobre o último que falaremos neste texto. Entenda o que é o solstício de inverno, quando ele ocorre e o que significa para nós!

O que são os solstícios?

(Fonte: GettyImages)(Fonte: GettyImages)

Tendo em mente que a Terra possui um ângulo de inclinação de 23º27' em seu eixo, essa inclinação causa uma diferença na incidência de raios solares na Terra em alguns dias do ano quando comparamos os Hemisférios Norte e Sul. Essa diferença pode ser notada no mesmo tempo em que o Sol vai se afastando da Linha do Equador.

Logo, dependendo do estágio do ano em que estamos vivendo, um hemisfério acaba tendo dias maiores e noites menores do que o outro e vice versa. No Hemisfério Sul, que é onde o Brasil está localizado, o solstício de inverno começa no dia 21 de junho e marca o início da estação mais fria do ano. Já o solstício de verão, por sua vez, só acontecerá no dia 21 de dezembro.

Quando o solstício de inverno começa no Hemisfério Sul, os raios solares estão incidindo sobre o Trópico de Câncer, o que faz com que o dia seja mais longo no norte e mais curto no sul. Além disso, vale ressaltar que as situações entre os Hemisférios são sempre espelhadas. E o que isso quer dizer? Quando nós vivemos o solstício de inverno, as pessoas na outra metade do mundo estão entrando no solstício de verão. 

Translação e estações

(Fonte: GettyImages)(Fonte: GettyImages)

Como você pode ter notado ao longo dos últimos parágrafos, o movimento de translação da Terra é justamente o que faz nós termos quatro estações bem marcadas ao longo dos anos: inverno, verão, primavera e outono. As duas primeiras, como citado anteriormente, acontecem na presença dos solstícios. 

Tudo isso só existe porque o eixo inclinado do nosso planeta e seu movimento ao redor do Sol fazem com que a quantia de luz solar distribuída por todo território global não seja uniforme. Consequentemente, tal variação possui seus efeitos na vida em nosso planeta e como a natureza se comporta.

Mas se os solstícios determinam o início do inverno e do verão, de onde surge a primavera e o outono? Essas duas estações são proporcionadas pelos equinócios de primavera e de outono, que acontecem todos os anos nos dias 21 de março e 23 de setembro. Esse fenômeno significa que o planeta passa a receber raios solares de forma perpendicular a Linha do Equador. Tendo todas essas informações em mãos, agora você sabe um pouco mais sobre como o nosso planeta funciona e por que vivemos ciclos tão certinhos todos os anos!

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.