Seja o primeiro a compartilhar

Conheça 6 restaurantes baratos estrelados no Guia Michelin

O Guia Michelin é um tradicional indicador de bons restaurantes reconhecidos pela sua qualidade após uma avaliação especializada. O guia foi publicado pela primeira vez em 1900 por André Michelin, o industrial que fundou a Michelin — sim, aquela conhecida fabricante de pneus.

O guia está presente em diversos países no mundo todo. Quando foi inventado, seu objetivo era o de promover o turismo na França, estimulando assim o mercado local. Com o tempo, o Guia Michelin se tornou cada vez mais respeitado, passando a ser cobiçado por quem trabalha no setor da culinária.

Estar no Guia Michelin é uma honraria máxima para qualquer restaurante. Mas será que só restaurantes caros conseguem emplacar lá? Neste texto, colocamos 6 opções acessíveis de estabelecimentos que receberam 3 estrelas no guia para você saborear quando tiver a oportunidade.

1. Madam Goose, na China

(Fonte: Nolisoli)(Fonte: Nolisoli)

Este restaurante é inteiramente trabalhado no tema de pássaros — para se ter uma ideia, há até doces esculpidos em forma de cisne. A especialidade do Madam Goose são as carnes assadas cantonesas, como o ganso crocante, o porco (chai sui) e o dim sum (pratos preparados dentro de cestas de bambu).

Os pães de abacaxi com manteiga também são bem procurados. Um prato neste restaurante custa entre US$ 14 e US$ 17.

2. King's Joy, na China

(Fonte: The Michelin Guide)(Fonte: The Michelin Guide)

O King's Joy, localizado em Pequim, é um restaurante vegetariano que quebra o preconceito de muitos de que essa culinária é sem graça. Seus pratos são bem variados, com destaque para comidas que usam seivas de árvore e o arroz com cogumelos variados. 

Situado bem em frente ao icônico Templo Lama, o King's Joy é também uma alegria visual, além de gastronômica. Uma refeição completa custa cerca de R$ 110 por pessoa — valor razoável para um restaurante de luxo. 

3. NAHA, nos Estados Unidos

(Fonte: Kostali)(Fonte: Kostali)

O NAHA proporciona boas refeições a preços bem acessíveis. Com US$ 8 dá para comer pizza armênia de cordeiro, pastel de queijo feta e pita caseira com molhos. Mas se optar pela refeição principal, dá para saborear um hambúrguer de carne angus grelhado direto na madeira por US$ 20.

4. Commonwealth, nos Estados Unidos

(Fonte: Commonwealth)(Fonte: Commonwealth)

Com influências asiáticas, o Commonwealth, que fica em San Francisco, é ideal para experimentar petiscos. O menu oferece brioche de algas marinhas, vieira grelhada com milho e missô branco. Se optar pela sobremesa, o sorbet de sudachi (uma frutinha típica do Japão) banhado em refrigerante de saquê será uma ótima escolha. O item mais caro do cardápio custa US$ 21.

5. Dusek's Board & Beer, nos Estados Unidos

(Fonte: Urban Matter)(Fonte: Urban Matter)

Há lugar também para pubs no Guia Michelin. O Dusek's Board & Beer, localizado em Chicago, oferece pratos inesquecíveis. Dentre eles, estão o sanduíche de linguiça de porco ao molho curry, o ravioli de batata-doce e o coelho frito com frango.

Depois de fazer uma boquinha, você pode pedir como sobremesa o tiramissu cruller ou a torta de chocolate com sorbet de cranberry. Os preços dos pratos vão de US$ 15 a US$ 25.

6. Café China, nos Estados Unidos

(Fonte: New York Magazine)(Fonte: New York Magazine)

Mais um restaurante com características asiáticas no Guia Michelin. O Café China, localizado em Nova York, é um belíssimo restaurante todo decorado com roupas vintage de Xangai. E o cardápio é todo acessível, com pratos que custam US$ 8!

A culinária tira inspiração da província de Sichuan, na China. Dentre os pratos, estão o pato salteado com gengibre, o cordeiro com cominho picante e molho de gergelim e coentro, e os bolinhos de carne de porco banhados em óleo de soja e pimenta. Um verdadeiro deleite para os olhos e para a boca.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.