8 alimentos para melhorar a concentração na hora do trabalho

Manter a concentração no trabalho nem sempre é fácil, principalmente em meio ao home office, que passou a ser adotado em peso desde o início da pandemia do novo coronavírus. Celular tocando, mensagens e notificações chegando sem parar e barulhos de todos os tipos são algumas das distrações.

Uma forma simples e barata de mudar essa situação é investir em um cardápio que melhore o funcionamento cerebral, propicie mais disposição e ao mesmo tempo potencialize o sistema imunológico. Conheça 8 alimentos que melhoram a concentração na hora do trabalho.

1. Alimentos ricos em ubiquinona

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Esta enzima presente no espinafre, abacate, semente de gergelim, brócolis e oleaginosas combate a ação dos radicais livres nas membranas e facilita a oxigenação das células do corpo.

2. Gengibre

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Além de prevenir gripes, resfriados e outras doenças, o gengibre bloqueia a placa beta-amiloide, tóxica para os neurônios, e ajuda a regular a memória, o aprendizado e o sono.

3. Ginseng

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Rica em ginsenosídeos, substância capaz de promover a melhora do fluxo sanguíneo cerebral e da atividade cognitiva, a planta aumenta as capacidades de concentração e memorização.

4. Cafeína

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Encontrada no café, chás e outros produtos, ela funciona como um estimulante do sistema nervoso central, mas é preciso ter cuidado para não exagerar na dose.

5. Canela

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Outra opção com ação estimulante, a canela também é conhecida por seu efeito antioxidante, evitando a degeneração das células humanas, reduzindo os danos cerebrais e protegendo os neurônios.

6. Ômega-3

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Os alimentos ricos em ômega-3 (peixes, nozes, castanhas, linhaça etc) também são bons para melhorar a concentração e o foco no trabalho e nos estudos. Este ácido age acelerando as respostas cerebrais, permitindo aprender mais rapidamente.

7. Ginkgo Biloba

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Melhoria das funções cognitivas correlatas e da memória e o combate ao acúmulo dos radicais livres no tecido nervoso são alguns dos benefícios do extrato da planta medicinal, cujas folhas ainda combatem cefaleias e a perda de atenção.

8. Abacate

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

A fruta traz vários compostos essenciais para os neurônios, incluindo luteína, selênio e colina, auxiliando no aperfeiçoamento das conexões neurais e na recuperação da capacidade de concentração.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.