Drops Históricos #46: Sua dose semanal de História aqui no Mega

Drops Históricos #46: Sua dose semanal de História aqui no Mega

Último Vídeo

E se o Brasil tivesse sido colonizado pela Holanda? Será que seríamos hoje uma nação tão liberal quanto os povos dos Países Baixos? Ou será que era mesmo nosso destino caminhar ao conservadorismo? É claro que nunca saberemos ao certo, mas uma parte do Brasil, no litoral de vários estados nordestinos, chegou muito perto de ter tido uma história diferente. Em algum momento no século 17, o que era chamado de Brasil Holandês tomava forma a partir de uma ofensiva que acontecia exatamente na semana do dia 11 de fevereiro.

Outro conflito, dessa vez um já bem estabelecido, ocorria em Dresden, na Alemanha, quando um bombardeio na cidade matou cerca de 30 mil pessoas. Por falar em bombas, nesta edição da coluna Drops Históricos, você também vai ler sobre o que aconteceu com o USS Maine, atracado perto de Havana, em Cuba.

Mas, "para não dizer que não falamos de flores", há um pouco sobre a criação da Liga das Mulheres Votantes, nos Estados Unidos, e o início da Semana da Arte Moderna, que inaugurou o Modernismo no Brasil. Boa leitura!

11 de fevereiro

1922: Começa a Semana de Arte Moderna

Foto: Reprodução/Domínio Público

Traços clássicos, ecléticos e retos foram deixados para trás. Na pintura, na escultura, na arquitetura, por todos os lados se espalharam características incomuns para a época: a década de 1920. Todo esse movimento que depois foi chamado de Modernismo, no Brasil, começou com um evento artístico conhecido como a Semana de Arte Moderna.

Liderados por grandes nomes da cena cultural brasileira, artistas como Mário de Andrade, Guilherme de Almeida, Tarsila do Amaral e Anita Malfatti apresentaram sua nova forma de arte, utilizando formas menos realistas, mais curvas e cheias de cor.

12 de fevereiro

1912: Último imperador da China abdica do poder

Foto: Reprodução/Wikimedia Commons

O regime imperial durou séculos na China, até que o povo não aguentou mais. Em 1912, quando o jovem Pu Yi estava na posição de imperador havia apenas 4 anos, a Revolução Xinhai o tirou do poder, de forma que o jovem Xuantong teve que abdicar.

Embora ele tenha mantido o título de imperador, seu cargo era apenas simbólico, e o homem não tinha poder algum. Essa deposição fez dele o último imperador da China.

13 de fevereiro

1945: Bombardeio de Dresden

Por que bombardear uma cidade civil sem nenhuma atividade militar significativa? Foi o que as pessoas se perguntaram na Alemanha quando a cidade de Dresden foi atacada por bombas entre 13 e 15 de fevereiro de 1945. A justificativa da Inglaterra foi a de que, naquele momento, quase ao fim do conflito bélico, era preciso demonstrar todo o poder de fogo dos Aliados e deixar bem claro para os alemães que eles não estavam de brincadeira.

Mais tarde, Winston Churchill teria dito que, embora devastador, o ato de guerra foi essencial para garantir o fim dela. Outros, no entanto, argumentam que o ataque foi desnecessário: a essa altura, Hitler já teria entendido a situação toda e a guerra já podia ser considerada praticamente terminada.

O bombardeio sobre Dresden utilizou 1,5 mil toneladas de bombas incendiárias e 2,4 mil toneladas de explosivos, matando entre 25 e 35 mil pessoas.

14 de fevereiro

1920: Fundação da Liga das Mulheres Eleitoras

Foto:  Reprodução/Domínio Público

Hoje parece algo engraçado, não é? Pensar em uma Liga das Mulheres Eleitoras significaria poder receber quase metade da população mundial. Bem, na Chicago de 1 século atrás, não era bem assim. Elas conquistaram o direito ao voto nos Estados Unidos em junho de 1919, e a ratificação disso só aconteceu oficialmente em agosto de 1920, pela 19ª Emenda.

Assim, quando a Liga foi criada, elas ainda não tinham conseguido votar oficialmente. Participar da escolha dos governantes do país não é uma tarefa tão simples assim e, quando você passou a história inteira da sua nação sem poder participar oficialmente do processo de escolha, era preciso ajuda para entender como a roda girava e saber como proceder.

Fundada pela ativista sufragista Carrie Chapman Catt, a Liga das Mulheres Votantes tinha como principal objetivo oferecer assistência às mulheres para sua participação na política, garantindo que as Eleições fossem processos políticos formados por cidadãos, não por políticos profissionais. A Liga se tornou um movimento mundial, com surgimento em vários outros países, até mesmo no Brasil.

15 de fevereiro

1898: USS Maine afunda em Cuba

Foto: Reprodução/Tim Evanson/Flickr

Um navio caríssimo, que custou mais de US$ 2 milhões para ser construído pelo governo norte-americano e um dos primeiros navios de guerra do país. O USS Maine é uma das mais importantes embarcações dos Estados Unidos, mas seu fim foi trágico. Enviado para Cuba para proteger interesses americanos no país, o USS Maine explodiu, matando 266 tripulantes quando afundou. Apenas 88 pessoas sobreviveram.

Uma investigação oficial mostrou que a causa da explosão foi uma mina, de forma que o país se revoltou não contra Cuba, mas contra o país que controlava a ilha na época: a Espanha. Foi assim que começou uma guerra entre as duas nações. Mais tarde, historiadores sugeriram que a causa da explosão teria sido, na verdade, um problema de funcionamento da própria embarcação.

16 de fevereiro

1630:  Invasões holandesas no Brasil

Comandadas por Hendrick Lonck, tropas holandesas conquistaram, no dia 16 de fevereiro de 1630, as cidades de Olinda e Recife, que se tornaram parte do que foi então chamado de Nova Holanda. Mas essa não foi a primeira investida do país europeu pelas terras latino-americanas. Entre 1624 e 1625, os holandeses haviam se estabelecido na Bahia. Cinco anos depois, foi a vez de Pernambuco.

As cidades dominadas então passaram quase 2 décadas como parte do Brasil Holandês, e até hoje as influências arquitetônicas estão presentes em algumas regiões. Foi de Recife, também, que entre 1637 e 1644 Maurício de Nassau comandou a resistência holandesa às investidas portuguesas para retomar a área.

17 de fevereiro

1867: Primeiro navio atravessa o Canal de Suez

Foto: Reprodução/Daniel Csörföly/Wikimedia Commons

Dar a volta na África para chegar à Índia não era algo que incomodava somente os portugueses. Afinal, fazer todo esse caminho era custoso — em tempo, trabalho e dinheiro  aos navegadores desde muito tempo atrás. Mas, quase 400 anos depois que os gajos sem querer descobriram o Brasil, um tratado entre a França e o Egito liberou a construção de um canal marítimo artificial que ligasse o Mar Mediterrâneo e o Mar Vermelho, permitindo assim que a chegada à Índia fosse um pouco menos trabalhosa.

Embora o que chamamos de Canal de Suez tenha sido inaugurado somente em 1869, a primeira vez em que um navio cruzou o espaço — que então tinha 164 quilômetros de comprimento e 8 metros de profundidade  foi em 1867.

Atualmente, o caminho tem 193,3 quilômetros de comprimento e 24 metros de profundidade. Por lá, passam quase 50 navios por dia, um total de mais de 17 mil navios por ano!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.