Os 10 maiores tipos de guerreiros da História

Os 10 maiores tipos de guerreiros da História

Último Vídeo

As guerras e os conflitos sempre estiveram presentes ao longo da linha do tempo do homem. Desde embates com armas totalmente primitivas até a modernização dos armamentos e armaduras, a junção de força, unidade e estratégia era a chave que garantia a vitória.

Os grandes guerreiros da história tinham destaque de acordo com o seu perfil de combate, perfil esse que vez ou outra se tornava inspiração para o surgimento e aperfeiçoamento de novas técnicas e planos de ação para os exércitos futuros.

Confira a seguir quais foram os 10 maiores grupos de guerreiros e quais foram os pontos altos de suas estratégias que os fizeram marcar a história!

10. Astecas

Os soldados dessa época tinham uma grande popularidade e se vestiam caracterizados como animais, geralmente onça ou águia. As armas utilizadas nos embates eram rústicas e primitivas, não muito elaboradas, como arcos e paus.

No entanto, a habilidade no manuseio e as estratégias faziam com que os astecas tivessem muito sucesso em seus entraves – apesar disso, mais tarde acabaram sendo derrotados pelos espanhóis, que possuíam um armamento muito mais moderno e eficiente.

9. Mongóis

A classe dos mongóis era representada por guerreiros que eram conhecidos como bárbaros e selvagens. Ainda assim, eles também ganhavam destaque por sua disciplina e organização na hora dos conflitos.

Com um grande domínio de arco e flecha, os guerreiros mongóis batalhavam montados em cavalos e foram liderados por Genghis Kahn, um dos maiores comandantes militares da história. 

8. Mamluks

Os mamluks tinham um poder militar tão grande que conseguiram dominar o Egito no sultanato mameluco, entre os anos de 1250 a 1517. Os soldados dessa classe eram escravos que se converteram ao Islã, seguindo um código de coragem e generosidade, além de técnicas focadas em cavalaria, arco e flecha e tratamento de feridas.

7. Legião Romana

A legião romana era caracterizada por usar armaduras pesadas e infantaria bem estruturada. Como defesa, eles usavam escudos inspirados nos gregos antigos.

A habilidade dessa classe de guerreiros era, sem dúvidas, a destreza no manuseio de espadas, lanças e escudos de uma forma eficiente e unificada. Além disso, os soldados também possuíam muitas riquezas, o que facilitava o acesso aos melhores tipos de armaduras e armas.

6. Apache

Considerados os ninjas da América, o perfil do combate dos apaches era rápido e fatal: eles se aproximavam dos inimigos por trás e, como um flash, cortavam a garganta. Conhecidos como os melhores lutadores de facas da história, as armas rústicas e primitivas eram feitas com madeira e ossos. 

5. Samurai

Os samurais eram guerreiros do Japão famosos por portarem as espadas mais afiadas da história, que poderiam até mesmo cortar um homem ao meio. Considerados extremamente habilidosos e violentos, esses cavaleiros estavam sempre prontos para defender sua honra e morrer por seus mestres.

4. Ninja

Os ninjas surgiram quando os camponeses decidiram acabar com a violência dos samurais saqueadores. No entanto, eles acabaram se tornando os assassinos mais lendários da história.

Além de espada, eles também utilizavam armas bem características dessa classe, como zarabatana, estrelas ninjas e kurasigama – tudo isso alinhado a um treinamento constante e técnicas incríveis de artes marciais.

3. Vikings

Os Vikings foram considerados o terror da Europa, com uma série de ações como saqueamentos, ataques e invasões ferozes. Além disso, a estatura dos soldados, a sede por guerra e a proporção de suas armas também fizeram com que esses guerreiros marcassem a história.

2. Espartanos

Os espartanos seguiam fielmente ao seu lema de guerra: volte com o seu escudo ou em cima dele – ou seja, vencer era a única opção. A habilidade dos espartanos com estratégias de escudo e lança ficou conhecida pelo mundo inteiro, principalmente por sua última posição na batalha das Termópilas, o que inspirou muitos exércitos posteriormente.

1. Cavaleiros

Os cavaleiros da Europa medieval foram considerados os soldados mais difíceis de se derrotar da História. Além de serem preparados desde crianças com esse foco e treinarem a vida inteira, eles também possuíam uma armadura extremamente forte que protegia o corpo inteiro e favorecia ataques poderosos e mortais.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.