Seja o primeiro a compartilhar

5 fatos sobre Cuba: entenda como funciona a ilha socialista!

Nas acaloradas discussões sobre política no Brasil, é comum que alguém finalize a discussão com: “se não gostou, vai para Cuba!". O país caribenho é referência recorrente quando se fala de socialismo ou comunismo. Mas, afinal, como é o regime político do país? Os cubanos votam? Veja.

1. O regime político de Cuba

Fidel Alejandro Castro Ruz foi um político e revolucionário cubano que governou a República de Cuba como primeiro-ministro de 1959 a 1976 e depois como presidente de 1976 a 2008. (Fonte: Pixabay/Wikilimages/Reprodução)Fidel Alejandro Castro Ruz foi um político e revolucionário cubano que governou a República de Cuba como primeiro-ministro de 1959 a 1976 e depois como presidente de 1976 a 2008. (Fonte: Pixabay/Wikilimages/Reprodução)

Cuba é uma república socialista, organizada seguindo o modelo marxista-leninista, com um partido único e sem eleições diretas para cargos executivos. Mas apesar de ser um modelo socialista, o termo “comunismo” consta na Constituição Cubana, por isso, as ações do governo devem seguir essa filosofia política.

2. Eleição e Constituição

Sistema de votação do país elege cidadãos apenas para o legislativo. (Fonte: O Globo/Reprodução)Sistema de votação do país elege cidadãos apenas para o legislativo. (Fonte: O Globo/Reprodução)

No país, existem eleições, mas elas são diferentes. O sistema de Poder Popular, vigente desde 1976, prevê eleições provinciais-nacionais (gerais) a cada cinco anos. Com partido único, o Partido Comunista, os cidadãos se candidatam de forma independente. Sobre a Constituição, em 2019, o país ganhou um novo texto reconhecendo pela primeira vez o direito à propriedade privada e à riqueza individual, com algumas ressalvas.

3. Saúde de ponta

Cientistas cubanos lançaram uma nova vacina, Abdala, que tem uma taxa de eficácia de 92%. (Fonte: Reprodução/AFP)Cientistas cubanos lançaram uma nova vacina, Abdala, que tem uma taxa de eficácia de 92%. (Fonte: Reprodução/AFP)

Cuba possui um sistema de saúde com índices comparáveis aos países desenvolvidos. A chave do sucesso está no gasto destinado ao setor. Em 2015, quase 11% do PIB do país foi gasto em saúde, valor muito acima do que é gasto nos Estados Unidos, Alemanha e França. Na pandemia, o país desenvolveu duas vacinas próprias, a Soberana e a Abdala. 

4. Analfabetismo

Sistema educacional de Cuba abrange desde o ensino infantil à pesquisa. (Fonte: Ibar Silva/Reprodução)Sistema educacional de Cuba abrange desde o ensino infantil à pesquisa. (Fonte: Ibar Silva/Reprodução)

Em Cuba a educação é totalmente gratuita e universal. Atualmente, conforme o Granma, a taxa de analfabetismo chega a 0,2% medido pelo Censo Populacional e Habitacional de 2012. Por ano, o país dedica mais de 25% do seu orçamento para educação da população.

5. Exportação

Cuba é mundialmente conhecido pelos seus charutos. (Fonte: Pixabay/ Marcus61/ReproduçãoCuba é mundialmente conhecido pelos seus charutos. (Fonte: Pixabay/ Marcus61/Reprodução

Cuba não pode realizar exportações, devido ao bloqueio com os Estados Unidos. Mas consegue realizar trocas comerciais e importar alimentos, inclusive com o Brasil. O país é conhecido pelo açúcar e o tabaco.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER