03
Compartilhamentos

Quais são as maiores rivalidades entre países vizinhos?

O Brasil não é exatamente um país que guarda muitas mágoas no contexto político e, portanto, adquiriu poucas ou quase nenhuma inimizade ao longo dos séculos. Mesmo assim, você provavelmente aprendeu desde jovem que a Argentina é nossa verdadeira inimiga no contexto esportivo — e isso ocorre em diversas modalidades.

Mas quando expandimos essa análise para uma rivalidade realmente ferrenha, nossa relação com os hermanos ainda é de certa forma amistosa. Pensando nisso, hoje vamos falar um pouco mais sobre as seis maiores rivalidades sociopolíticas que acontecem ao redor do mundo. 

1. Reino Unido e França

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

A relação entre britânicos e franceses sempre foi um pouco conturbada. Desde a Idade Média, os reis de ambos os lados constantemente estiveram em estado de guerra e a mais famosa delas foi a conquista normanda da Inglaterra no século XI.

Pouco tempo depois, os ingleses planejaram uma vingança que ficou conhecida como a guerra mais longa e mais sangrenta da história: a Guerra dos Cem Anos. Apesar de terem sido aliados por bastante tempo no século XX, a saída recente do Reino Unido da União Europeia tem resgatado um pouco da raiva guardada entre os dois povos.

2. Turquia e Grécia

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Essa rivalidade existe desde a destruição do Império Bizantino pelo Império Otomano Turco em 1453, que culminou na Guerra da Independência Grega em 1832. Para se ter ideia da dimensão do conflito, as batalhas entre a Grécia e o Império Otomano resultariam na Primeira Guerra Mundial, posteriormente.

Apesar da dissolução do Império Otomano, gregos e turcos continuaram em guerra por muitos anos. O reflexo dessas lutas pode ser visto até hoje, dado o fato que ainda existe um clima de tensão entre as duas nações.

3. China e Japão

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Apesar de outras rivalidades se estenderem por séculos, poucas são tão prolongadas quanto a que ocorre entre China e Japão, que registraram a primeira batalha entre si em 663. Com o Império Japonês anexando alguns territórios chineses antes do fim da Segunda Guerra Mundial, a inimizade entre os dois países só cresceu em tempos recentes.

Até hoje, a China acusa o Japão de não reconhecer as atrocidades cometidas nesse período, que envolvem o uso de armas químicas, assassinato em massa e estupros em série na invasão de Nanquim.

4. Coreia do Sul e Coreia do Norte

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

A Grande Coreia foi dividida entre duas nações como resultado da Segunda Guerra Mundial, com os soviéticos apoiando o território comunista ao norte e os norte-americanos dando apoio ao lado democrático no sul. Cinco anos depois, a Coreia do Norte já havia declarado guerra aos seus vizinhos, que se defenderam com a ajuda da China e dos Estados Unidos.

Tecnicamente, Coreia do Norte e Coreia do Sul permanecem em guerra até hoje. Porém, a relação entre os dois países parece estar melhorando desde 2018.

5. Índia e Paquistão

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Desde que os britânicos partiram da Índia e o país se fragmentou em 1947, uma tensão religiosa entre hinduístas e muçulmanos tomou conta da região. Daquele tempo para cá, foram quatro guerras territoriais travadas entre Índia e Paquistão, o que incitou uma enorme rivalidade entre as duas nações.

Atualmente, ambos os países possuem uma larga escala de armas nucleares e a relação entre os dois é uma verdadeira bomba-relógio para o mundo.

6. Israel e Palestina

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

A relação de inimizade entre Israel e Palestina é de longe a mais complexa e que divide opiniões no cenário político internacional. Os judeus israelitas e os árabes palestinos têm longas raízes históricas na região, sobretudo em Jerusalém. 

Por conta disso, diversos confrontos armados ocorreram entre os grupos nos últimos tempos e que só vêm piorando desde a ocupação israelense da Palestina. Esse inclusive é um dos motivos para a Faixa de Gaza, que é um território palestino de fronteira com Israel, ser um dos lugares mais perigosos do planeta.  

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.