6 instrumentos musicais que você nem imaginou que existiam

Para se sair bem no mundo da música, é necessário que você tenha uma boa dose de talento, criatividade e até mesmo habilidade com as mãos. Desde os aparelhos mais fáceis até os mais complexos, cada instrumento musical requer certo grau de concentração para que a pessoa domine suas particularidades.

Entretanto, alguns instrumentos são tão únicos e bizarros que até mesmo alguns músicos não fazem ideia de suas existências. Confira só a lista de seis instrumentos musicais totalmente inusitados que nós separamos para você!

1. Stylophone

Já parou para pensar em como seria tocar músicas usando uma caneta e uma placa eletrônica? Esse é o conceito usado pelo stylophone, uma espécie de sintetizador analógico inventado em 1967. 

A caneta stylus, utilizada para a reprodução dos sons, foi introduzida no mundo artístico musical profissional pela primeira vez por Brian Jarvis, dono de uma produtora de áudio no Reino Unido.

2. Theremin

Originalmente batizado de “eterofone”, o theremin é um dos instrumentos musicais mais únicos do mercado. Além disso, esse é um dos primeiros instrumentos completamente eletrônicos a serem lançados e pode ser controlado sem qualquer tipo de contato físico feito pelo músico.

O theremin é controlado através de duas antenas de metal sensíveis, que percebem a posição das mãos do teremista e são usadas para controlar a frequência e amplitude do volume. O nome do instrumento foi dado em homenagem ao seu criador, o russo Léon Theremin.  

3. Violão Pikasso

Se você um dia já se surpreendeu vendo uma guitarra de dois braços, o violão pikasso deixará você em choque. Esse instrumento foi obra da criadora Linda Manzer em meados dos anos 1980, a pedido do guitarrista de jazz Pat Metheny.

Com quatro braços, duas bocas e 42 cordas, esse violão mistura o caos e a complexidade — motivo pelo qual foi batizado em homenagem ao movimento cubista. Será que você conseguiria tocar essa “aberração”?

4. Harmônica de vidro

Sabe quando você pega vários copos de cristal e coloca diferentes níveis de água nele para ver os diferentes sons que eles podem emitir? Se você está familiarizado com esse conceito, então você já está com meio caminho andado para entender o que é a harmônica de vidro.

Inventado por Benjamin Franklin, esse instrumento consiste em uma série de vasilhas de vidro de diferentes tamanhos espalhadas por um pedaço de madeira. Ao toque do dedo, cada parte do vidro emite um som diferente. 

5. Dronepipe Hornucopiano

De todos os itens estranhos desta lista, poucos são tão curiosos quanto o dronepipe hornucopiano. Produzido inteiramente através de uma impressora 3D e desenvolvida pelo MONAD Studio, esse instrumento mais se parece com uma obra de arte do que um objeto musical.

Entretanto, seu som é muito similar ao de um berrante, com sonoros graves e altos.

6. Berimbau de boca

Você deve estar se perguntando como é que um berimbau pode se enquadrar na lista de instrumentos bizarros? Apesar de termos em mente o instrumento criado em Angola e muito tradicional na Bahia, o berimbau de boca é um dos instrumentos mais antigos do mundo e um tanto quanto diferente do que aquele que ficou conhecido aqui no Brasil.

Mas como assim? O instrumento consiste em uma língua flexível de metal ou bambu que fica ligada a outra estrutura. Então, o músico deve colocar essa língua em sua boca e usar os dedos para produzir uma nota musical na parte que fica para fora. Segundo os arqueólogos, o uso desse instrumento data pelo menos do século IV.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.