Seja o primeiro a compartilhar

Ovos de Páscoa gringos são feitos em ovos de verdade?

Se você esteve presente na internet durante os últimos dias, provavelmente viu um tweet a respeito de como os ovos da Páscoa são produzidos na Finlândia viralizar. No post, o usuário @omatholiv exibe duas fotos dos ovos Mignon, produzidos pela confeitaria finlandesa Fazer desde 1896.

Porém, algo inusitado chama bastante atenção para o produto: a embalagem dos ovos se assemelha muito a um ovo de galinha comum preenchido de chocolate. Desde então, muitos internautas passaram a se questionar se todos os países fora do Brasil realizam técnicas parecidas. Afinal, ovos de Páscoa gringos são feitos em ovos de verdade? Entenda!

Ovos finlandeses

Chocolate sempre pareceu ser uma verdadeira especialidade de diversos países europeus, incluindo a Finlândia. Portanto, não é surpresa alguma que os finlandeses estejam criando estratégias inovadoras para conquistar consumidores durante a época de Páscoa. 

A linha Mignon é de longe a mais criativa de todas. Se ainda restavam dúvidas, existe apenas uma verdade: os ovos da Fazer são feitos de torrão de chocolate com amêndoa e avelã dentro de uma casca de ovo de verdade. Segundo os dados divulgados pela empresa, cerca de duas milhões de unidades desse ovo são vendidas por ano no país — que possui apenas 5 milhões de habitantes. 

Cada ovo custa aproximadamente 2 euros e é feito à mão pelos trabalhadores da empresa, fundada pelo alemão Karl Fazer quando se mudou para a capital finlandesa Helsinque. O processo de confecção envolve derramar as camadas de chocolate dentro de um buraco feito na casca de ovo de verdade — já esvaziada e limpa. Por fim, o produto é selado com uma camada de açúcar e proteína de arroz.

Ovos de chocolate ao redor do mundo

O método de confecção finlandês não é tão comum ao redor do mundo, mas também não pode ser visto como algo tão inusitado assim. Isso porque a primeira tradição de se fazer ovos de chocolate na Páscoa nasceu na Ucrânia em 1873 pelas mãos de Joseph Fry, fundador da empresa Fry's.

Tradicionalmente, as pessoas davam uns aos outros ovos de galinha cozidos e pintados com cores vivas durante a Páscoa — vem daí a tradição de pintar os ovos. Porém, naquele ano, a Fry's decidiu dar um toque especial para o feriado e criou os primeiros ovos de chocolate já feitos no mundo.

(Fonte: Preston Park Museum/Reprodução)(Fonte: Preston Park Museum/Reprodução)

Os concorrentes da empresa rapidamente copiaram a receita e produziram produtos similares, com a Candbury's lançando seus próprios ovos dois anos depois. Logo, países como França, Alemanha e Reino Unido aprenderam a criar suas próprias linhas de produção. A partir desse período histórico, mais variedades e formatos dos ovos de Páscoa foram surgindo pelo mundo.

Dessa forma, a arte de criar ovos de páscoa inovadores é bem difundida ao redor do planeta, mas nem todos possuem a mesma ousadia da finlandesa Fazer.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.