O que seria da Terra se a Lua nunca tivesse existido?
164
Compartilhamentos

O que seria da Terra se a Lua nunca tivesse existido?

Último Vídeo

Você se interessa por matérias que abordam cenários alternativos, ao melhor estilo “E se...”, talvez você já tenha lido aqui no Mega Curioso uma postagem sobre o que aconteceria com o nosso planeta se nós, humanos birutas, um dia decidíssemos explodir a Lua. Você pode conferir a publicação completa através deste link, mas, como você pode imaginar, as consequências de uma ação inimaginável dessas seriam dramáticas para a Terra.

Além de a explosão resultar em efeitos catastróficos para os habitantes do planeta, uma vez que a superfície seria bombardeada por uma tempestade de fragmentos lunares — que provavelmente causariam a destruição de cidades e até países inteiros —, a ausência da Lua afetaria enormemente as formas de vida que conseguissem sobreviver a esse evento. Mas, e se o satélite nunca tivesse existido para começo de conversa, como as coisas seriam na Terra? Será que tudo seria diferente ou a vida teria evoluído da mesma forma por aqui?

E se...

De acordo com Adam Hadhazy, do site Live Science, se a Lua jamais tivesse se formado, é possível que a vida nunca tivesse surgido na Terra. Isso porque, quando o satélite se formou, há bilhões de anos, ele orbitava muito mais próximo do nosso planeta, gerando marés gigantescas que ajudaram a mover materiais dos continentes para os oceanos e vice-versa.

Além disso, essa movimentação toda das marés ajudou a “misturar” os ingredientes necessários para formar a “sopa primordial” que, eventualmente, resultou no surgimento das formas de vida que deram origem aos atuais habitantes do planeta. Mas não foi só isso que a Lua fez por nós lá nos primórdios de sua existência!

Terra vista da Lua(NASA)

A gravidade do satélite ajudou a reduzir a velocidade de rotação do nosso planeta — que, antes da formação da Lua, apresentava dias com duração de apenas seis horas. A nossa fiel companheira ainda ajudou a estabilizar a inclinação do eixo terrestre e, dessa maneira, propiciou o surgimento das estações do ano.

E, segundo Adam, caso a vida surgisse na Terra mesmo sem a Lua, os padrões de atividade seriam completamente diferentes, por conta da duração dos dias — e das noites! — ser muito mais curta. Ademais, esses seres vivos provavelmente teriam que realizar migrações mais frequentes para poder sobreviver às variações climáticas, que seriam mais extremas no nosso mundo se ele não tivesse seu satélite.

Por último, digamos que a humanidade tivesse eventualmente evoluído na Terra mesmo com a ausência da Lua. Nesse caso, a corrida espacial provavelmente jamais teria acontecido e, sem ela, o desejo de explorar outros planetas e o cosmos não teria sido despertado — sem falar em todas as tecnologias que surgiram e foram desenvolvidas graças à curiosidade e vontade humana de ir além e que não teriam um tido propósito para serem criadas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.