Acharam rampa que pode ter sido usada na construção da Grande Pirâmide
98
Compartilhamentos

Acharam rampa que pode ter sido usada na construção da Grande Pirâmide

Último Vídeo

Teorias — algumas muito boas e outras meio sem pé nem cabeça! — existem aos montes, mas a verdade é que, até hoje, ninguém tem certeza de como, exatamente, a Grande Pirâmide de Gizé e edifícios semelhantes foram construídos no Egito. No entanto, a descoberta de uma rampa de 4,5 mil anos em uma antiga pedreira não só oferece algumas pistas de como os construtores dos monumentos ergueram as majestosas estruturas, como também apoia algumas das ideias apresentadas ao longo dos séculos.

De acordo com Michelle Star, do site Science Alert, a rampa foi encontrada em um local que os antigos egípcios usavam para a extração de alabastro, um dos materiais empregados na construção das pirâmides. A pedreira em questão se chama Hatnub, fica ao norte da atual cidade de Luxor, e a tal rampa possivelmente era necessária para o transporte de material até o canteiro de obras.

Obras do passado

Segundo Michelle, apesar da teoria de que os antigos egípcios usaram estruturas do tipo para transportar material até o local onde as pirâmides estavam sendo construídas, o Secretário-Geral do Ministério de Antiguidades do Egito, Mustafa Waziri, revelou que essa é a primeira evidência que mostra como grandes blocos de pedra eram obtidos das pedreiras e transportados até as obras.

Rampa no Egito(Luxor Times)

Embora o principal material usado para erguer as pirâmides fosse o calcário, os construtores também empregavam o alabastro — especialmente para a produção de estátuas e sarcófagos, bem como para o piso das câmaras internas das pirâmides. No caso da descoberta anunciada agora, os arqueólogos explicaram que se trata de um sistema de transporte que consiste em uma rampa central com duas escadarias laterais contendo furos onde, no passado, havia postes de madeira.

Ruína egípcia(Luxor Times)

Os pesquisadores acreditam que o pessoal da pedreira provavelmente carregava carrinhos de madeira semelhantes a trenós com os blocos de alabastro e empregavam um sistema de cordas — que ficavam firmemente enroladas ao redor dos poderosos postes e funcionavam como polias — para puxar as imensas pedras rampa acima.

Hieróglifos egípcios(Luxor Times)

Ademais dessa estrutura, os arqueólogos encontraram antigas residências usadas pelo pessoal que trabalhava na pedreira e diversas inscrições — pelo menos 100 delas — em celebração a expedições realizadas pelo faraó a Hatnub.

Antiga pedreira(Luxor Times)

Os pesquisadores estão trabalhando para traduzir as mensagens, bem como para descobrir mais informações sobre as casas encontradas nas imediações da pedreira e preservar essas estruturas, e explicaram que a descoberta da rampa é superimportante, uma vez que ela pode apontar evidências importantes sobre a construção das pirâmides.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.