Coronavírus: sopa de morcego pode ter espalhado a doença

Coronavírus: sopa de morcego pode ter espalhado a doença

Último Vídeo

Uma análise do patógeno do 2019-nCoV, doença que já matou mais de 25 pessoas na China, transmitida para mais de 900 humanos ao redor do planeta, concluiu que o surto pode ter uma origem muito mais antiga do que as referentes ao que se iniciou em dezembro de 2019. Especialistas observaram a genética do vírus em dois estudos bem formulados sobre suas possíveis causas, levando a crer que morcegos e cobras devem ter sido os grandes focos de transmissão da síndrome.

O primeiro estudo, publicado na Science China: Life Sciences e patrocinado pela Academia Chinesa de Ciências de Pequim, avaliou que a origem do coronavírus pode ter uma relação direta com uma cepa presente nos morcegos. O resultado surgiu após avaliação do CoV de Wuhan, cidade que originou o surto, onde houve uma comparação entre o código genético do 2019-nCoV e de outros coronavírus, resultando em semelhanças com amostras da doença transmitida por morcegos.

https://www.thestar.com.my/news/regional/2020/01/24/wuhan-virus-studies-suggest-role-of-bats-snakes-in-outbreak
(Fonte: Reprodução)

"Há uma indicação de que seja um vírus de morcego", afirmou Vincent Munster, cientista do Rocky Mountain Laboratories, em entrevista ao Business Insider. "O fato de os morcegos serem os hospedeiros nativos do Wuhan CoV (coronavírus) seria um raciocínio lógico e conveniente, embora ainda seja provável que haja hospedeiros intermediários na rede de transmissão de morcegos aos seres humanos", concluíram os pesquisadores do primeiro estudo.

O segundo artigo, publicado no Journal of Medical Virology, sugeriu que morcegos e cobras forjaram uma aliança involuntária para a transmissão do vírus, um funcionando como origem e outro como intermediário, respectivamente. "Para procurar um potencial reservatório do vírus, realizamos uma análise completa de sequências genômicas e comparações. Os resultados da nossa análise sugerem que a cobra é o reservatório mais provável entre os animais silvestres", infere a publicação. 

Aparentemente, uma população de morcegos contaminou um grupo de cobras na região de Wuhan, que os serviram continuamente como alimento no Mercado de Peixes de Hunan, transmitindo para seres humanos. A lógica seria que, no mercado, uma grande variação de espécies exóticas (incluindo cobras e morcegos), é comercializada em sopas e assados, servindo como alimento para a população local.

https://news.maketiplace.com/2020/01/24/images-of-chinese-quarantine-flood-social-media-amid-coronavirus-outbreak/
(Fonte: rt.com/Reprodução)

Além disso, os mamíferos já tiveram relação anterior com outros quatro tipos de doenças: Ebola, Nipah, SARS e MERS. Muitas delas foram fatais.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.