Conheça a maior borboleta do mundo — e seu risco de extinção

Conheça a maior borboleta do mundo — e seu risco de extinção

Último Vídeo

A Queen Alexandra´s Birdwig é fascinante. Chegando até 11 polegadas de envergadura, não é para menos que ela é a maior borboleta do mundo. Proveniente de Papua-Nova Guiné, o inseto foi descoberto em 1906 pelo naturalista Albert Stewart Meek, financiado pelo banqueiro e político britânico Walter Rothschild para encontrar borboletas. O animal ganhou o nome da rainha britânica Alexandra da Dinamarca.

Esta borboleta é muito maior que as outras. (Fonte: All That´s Interesting)
Esta borboleta é muito maior que as outras. (Fonte: All That´s Interesting / Twitter)

Com toda a sua exuberância, essa borboleta também é uma raridade nas florestas, o que infelizmente a torna uma possível candidata à extinção.

Como vive a maior borboleta do mundo

O macho da espécie. (Fonte: Wikimedia Commons)
O macho da espécie. (Fonte: Wikimedia Commons)

Com existência restrita às florestas da Papua-Nova Guiné, a Queen Alexandra´s Birdwing (Ornithoptera alexandrae) apresenta uma distinção relevante entre os dois sexos

A fêmea mede pelo menos 9,8 polegadas e pode chegar a 11 polegadas de envergadura. Já os machos são menores, chegando a uma envergadura de até 20 centímetros. 

Ao longo da vida, as fêmeas são capazes de colocar até 240 ovos. A existência dessa borboleta começa a ser ameaçada desde essa fase: os ovos são normalmente comidos por formigas. Além disso, as larvas costumam ser engolidas por lagartos e sapos . 

No entanto, não são os aspectos da vida na floresta que estão diminuindo a sua população.

Os riscos de extinção da borboleta

A espécie tem alto valor no mercado ilegal. (Fonte: Wikimedia Commons)
A espécie tem alto valor no mercado ilegal. (Fonte: Wikimedia Commons)

Ao longo das décadas, os cientistas notaram que as populações da Queen Alexandra´s Birdwing estavam diminuindo. Foram encontrados apenas 21 adultos em um período de três meses em 2008. 

Uma das causas pode ser o desmatamento da floresta devido ao crescimento da indústria de óleo de palma na região. Ao destruir a vegetação natural para plantar palmeiras, o ambiente se torna impossível para o inseto buscar alimento.

Para piorar, a raridade da espécie faz com que o seu preço no mercado ilegal seja elevado, o que a torna alvo de caçadores de borboletas mercenários. 

A combinação de todos esses fatores torna o futuro da maior borboleta do mundo incerto.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.