'Patos pesticidas' da Tailândia devoram as pragas de campos de arroz

'Patos pesticidas' da Tailândia devoram as pragas de campos de arroz

Último Vídeo

Segundo maior exportador de arroz do mundo, a Tailândia utiliza uma prática milenar para acabar com as pragas indesejáveis escondidas pelo chão, como os caramujos. Após a colheita da safra, os agricultores soltam milhares de patos nos campos inundados. Famintas, as aves devoram caramujos, ervas daninhas e restolhos de arroz.

Um vídeo publicado no YouTube pelo South China Morining Post mostra imagens feitas por drones do exército de patos no momento da soltura na província rural de Nakhon Pathon, onde os "pesticidas" profissionais recebem todos os insetos que conseguirem comer, além de generosas porções de ração.

Patos caçadores de campo

Chamados pelos tailandeses de "ped lai thoong", que pode ser traduzido como "patos caçadores de campo", as aves são da raça britânica Khaki Campbell. Após passarem cinco meses passeando livremente e fazendo seus lanchinhos, os patos retornam ao confinamento de suas fazendas de origem para produção de ovos.

O criador de patos Apiwat Chalermklin elogia a parceria: “O benefício é que reduzimos os custos de alimentação dos patos, e, em troca, para o agricultor de arroz, os patos ajudam a comer as pragas da fazenda e podem reduzir o uso de produtos químicos e pesticidas”, disse à agência Reuters. Além disso, seus excrementos funcionam como um fertilizante natural.

Um bando de 10 mil patos consegue limpar uma fazenda de 70 hectares (700 mil m²) em cerca de uma semana. Além de consumirem alegremente todas as pragas, eles também facilitam o plantio ao pisarem na palha de arroz para nivelar o solo, o que facilita a passagem do arado.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.